RUSH do Canadá para o mundo

Escrever sobre a banda canadense RUSH é como interpretar um teorema de difícil resolução. Cada música é uma surpresa e os rifes enigmáticos e complexos não podem ser interpretados por qualquer músico de esquina do naipe de “ai se eu te pego”.

Formado por Geddy Lee (baixo, teclados e vocal), Alex Lifeson (guitarra) e Neil Peart (bateria e letrista), o RUSH iniciou suas atividades na cidade Ontário (Canadá) no final dos anos 60, mantendo sua formação original até os dias de hoje.

O primeiro álbum da banda foi gravado em julho de 1974 e já na estreia mostrava a qualidade e competência musical de seus integrantes que traziam uma musicalidade altamente complexa, mesclada em rock progressivo com pegadas blues e hard-rock.

As letras da banda abordam assuntos relacionados ? ecologia, ficção científica e filosofia. Alguns dos principais grupos de rock do mundo, declararam-se influenciados pelo RUSH, entre eles Metallica e Dream Theater.

Vencedores de alguns prêmios como os oferecidos pela Academia Canadense de Artes e Ciências Fonográficas (Canadian Academy of Recording Arts and Sciences), também conhecido como prêmio JUNO, o RUSH conseguiu em 1994 entrar para o Canadian Music Hall of Fame, considerado a maior honraria do país. Com inúmeros discos de ouro e platina, a banda é a quarta maior em importância do mundo, perdendo apenas para The Beatles, Rolling Stones e Aerosmith, vendendo aproximadamente 26 milhões de unidades.

Os álbuns da banda são: Rush (1974), Fly by Night (1975), Caress of Steel (1975),2112 (1976), A Farewell to Kings (1977), Hemispheres (1978), Permanent Waves (1980),Moving Pictures (1981), Signals (1982), Grace Under Pressure (1984), Power Windows(1985), Hold Your Fire (1987), Presto (1989), Roll the Bones (1991), Counterparts (1993),Test for Echo (1996), Vapor Trails (2002), Feedback (2004), Snakes & Arrows (2007) eClockwork Angels (2012).

O grupo recebeu 5 indicações para o Grammy: Melhor Performance Rock Instrumental (1982, 1992, 1995, 2004 e 2008). O baterista Neil Peart foi classificado como o melhor do mundo pelos leitores da revista Modern Drummer em várias ocasiões: 1980, 1981, 1982, 1983, 1984, 1985. Como melhor multi-percussionista nos anos de 1983, 1984, 1985, 1986.

O trabalho da banda que foi considerado como marco de definição de seu som foi o álbum 2112 de 1976. Como primeira faixa, o RUSH detona uma música de aproximadamente 20 minutos de duração, mostrando ao mundo sua independência comercial, saindo definitivamente dos padrões ditados pelas gravadoras. Outro fato marcante na carreira da banda foi a incansável luta para manter seu estilo, muitas vezes contestado pelas gravadoras. Essa personalidade marcante, muito característica das bandas de rock tradicionais, foi a precursora do sucesso do grupo, que soube se impor ? s suas raízes.

Eu tenho o orgulho de possuir a discografia completa da banda e posso afirmar que vale a pena. A musicalidade e as mudanças constantes de estilos variados de rock em suas faixas, fazem do RUSH um grupo único e inigualável e adorado pelos fãs como eu.

Algumas curiosidades: Em uma música do Mamonas Assassinas (“bois” don´t cry) é possível ouvir um trecho da música “Tom Sawier” do RUSH. A mesma música foi utilizada no antigo seriado Profissão Perigo, que fez muito sucesso com o personagem MacGyver.