Tarifa dos parquímetros terá reajuste a partir do dia 19

A partir da próxima segunda-feira, 19 de maio, as tarifas do estacionamento rotativo (parquímetro) de Botucatu serão reajustadas. É a primeira vez que os valores sofrerão alteração desde a implantação do sistema, há mais de dois anos. O sistema funciona de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas, e aos sábados das 9 às 17 horas.

O preço da hora de estacionamento nos locais de estacionamento rotativo passará a custar R$ 1,50. O valor atual da tarifa é de R$ 1,40 a hora. A tarifa de pós-utilização, ou seja, aquela que o usuário paga caso tenha excedido o tempo de tolerância impresso no tíquete, será de R$ 11,00, e não mais R$ 10,00. Para os usuários que utilizam os cartões recarregáveis, o valor inicial de 15 minutos passará de R$ 0,35 para R$ 0,38.

A Autoparque do Brasil, empresa responsável pelos parquímetros na cidade fez a solicitação de reajuste e após negociações com a Prefeitura, o aumento será de até 7% abaixo da inflação acumulada no período, conforme estabelecido em contrato, que foi superior a 15% (INPC). O reajuste está previsto no decreto nº 9.879, de 30 de abril de 2014.

De acordo com o gerente comercial da empresa, Cesar Mourão, a Autoparque do Brasil tem buscado a excelência na prestação de serviços que auxiliem na mobilidade urbana e ainda contemplem as necessidades dos usuários que necessitam de um modelo de estacionamento rápido e seguro. “Atuamos em Botucatu desde 2012, e neste período, houve um aumento na oferta de vagas através da limitação do período de uso, promovendo a rotatividade, a redução da incidência de veículos estacionados irregularmente, e ainda, a melhora da fluidez do tráfego nas principais ruas e avenidas do centro expandido do município”, explica.

A área de atuação dos parquímetros continua a mesma: na Vila dos Lavradores: Rua Major Matheus, entra a Rua Milton Meris Jaqueta e Rua Vitor Atti; Rua Tenente João Francisco, entre a Rua Galvão Severino e Rua Cesário Motta; Rua Cruz Pereira, Braz de Assis, Floriano Simões, Cesário Motta, entre as Ruas Rodrigues César e Tenente João Francisco e Praça Levi de Almeida. No Centro Rua Amando de Barros, Curuzu, João Passos e Floriano Peixoto até o início da Rua Tiradentes. Travessas da Rua Prudente de Moraes até a Djalma Dutra.

Internet

Além do cartão recarregável, agora os botucatuenses contarão com mais uma facilidade: o pagamento da tarifa via internet e celular. A novidade desenvolvida pela Autoparque tem previsão para começar a funcionar a partir do mês de julho.

Chamado Digipare, o sistema possibilita aos usuários do estacionamento rotativo adquirirem créditos pela internet, com comodidade e conforto, utilizando como forma de pagamento cartão de crédito ou boleto bancário, habilitando as horas de estacionamento pelo telefone celular. Essa nova opção possibilita, além da compra, o controle dos créditos via internet. Os valores são os mesmos praticados nos parquímetros.

Os usuários poderão continuar com o pagamento tradicional dos parquímetros, que também garante autonomia para adquirir o tíquete, através de moedas ou dos cartões recarregáveis, conforme explica Cesar Mourão: “É mais uma inovação que trazemos para facilitar a utilização do estacionamento rotativo, e uma maneira de as pessoas também ganharem mais tempo, podendo habilitar os créditos pelo celular, onde quer que estejam”, completa.

Digipare – Zona Azul Digital

Como funciona? Cadastre seu veículo e telefone pelo site www.digipare.com.br

Comprar horas de estacionamento: compre horas de estacionamento utilizando cartão de crédito ou boleto bancário.

Como é a utilização? Ao estacionar, marque sua vaga via SMS, internet ou telefone.

Por que usar? Dispensa o uso de moedas em mãos, não precisa sair e voltar ao seu veículo, diversidade de formas de pagamentos, consulta de saldos e extratos de qualquer lugar via internet.

Como é feita a fiscalização?Todas as cidades que fazem uso do sistema Digipare possuem equipamentos conectados à rede de telefonia celular, que efetuam a checagem online da placa do veículo. Todo sistema foi pensado para que o usuário tenha a comodidade para apenas se preocupar com seus compromissos.

Valor das tarifas

15 minutos

R$ 0,38

30 minutos

R$ 0,75

1 hora

R$ 1,50

1h30

R$ 2,25

2 horas (período máximo)

R$ 3,00

Tarifa de pós-utilização

R$ 11,00