Semana terá mutirão de lixo eletrônico na Cidade

A Prefeitura de Botucatu, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, em parceria com a empresa Eletrolixo Logística Reversa, iniciou nesta segunda-feira (6), a abertura do segundo mutirão para recolhimento de lixo eletrônico na Cidade.

A ação que seguirá em Botucatu até a próxima sexta-feira (10) tem como objetivo recolher diferentes tipos de equipamentos e resíduos eletroeletrônicos como celulares, computadores, monitores, televisores, impressoras, aparelhos de som e garantir a destinação final consciente e livre de riscos ao meio ambiente.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Perseu Mariani, em 2012 o mutirão arrecadou em Botucatu cerca de 12,5 toneladas de lixo eletrônico. “Devido ao grande número de arrecadações do ano passado durante o mutirão agora em 2013 ampliamos a quantidade de pontos de coletas de sete para 16 locais espalhados pela Cidade”, informa.

Os chamados “ecopontos” para a entrega do material serão instalados na Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Centros de Referência em Assistência Social das regiões Leste e Oeste, Senac Botucatu, bibliotecas dos campus da Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Rubião Júnior e Fazenda Lageado, Subprefeitura de Vitoriana e nas escolas municipais “João Maria de Araújo”, “Professora Nair Peres Sartori”, “Angelino de Oliveira”, “José Antônio Sartori”, “Luiz Tácito V. Santos”, “Antenor Serra”, “Jonas Alves de Araújo”; “Nair Amaral” e “Francisco Guedelha”.

{n}Prevenir a contaminação{/n}

A engenheira ambiental e diretora da Eletrolixo Logística Reversa, Milena Lozano explica que todo o lixo eletrônico arrecadado será destruído e garante que só irá para descarte os materiais não contaminantes e não recicláveis. “A adesão de Botucatu ao mutirão do lixo eletrônico previne a contaminação, por metais pesados, do solo, ar, água superficial e subterrânea”, destaca.

Ela ainda ressalta que este ano o projeto “Óleo Fora D’Água” é o novo parceiro desta campanha em Botucatu. “Além do descarte do lixo eletrônico nos pontos de coleta de Botucatu população também poderá entregar litros de óleo de cozinha usados”, conclui.

Além disso, empresas com grande quantidade de resíduos eletroeletrônicos para descarte poderão agendar junto ? Secretaria Municipal de Meio Ambiente para que uma equipe se desloque até o local para fazer a coleta.
As empresas, assistências técnicas, comerciantes e instituições que realizarem o descarte através do mutirão receberão o “Certificado de Destinação Correta” (CDC) de seu lixo eletrônico.