Revitalização da Rua Amando avança ao quarteirão das Ruas Velho Cardoso e Siqueira Campos

As obras de revitalização da Rua Amando de Barros, principal corredor comercial de Botucatu, avançam a partir deste sábado (14) para o segundo quarteirão, entre as ruas Velho Cardoso e Siqueira Campos. A previsão é que o trecho fique interditado por cerca 10 dias.

O primeiro quarteirão da revitalização, entre as ruas Coronel Fonseca e Velho Cardoso, já recebeu novo piso intertravado [drenante e antiderrapante], rampas de acessibilidade, além de novas redes de água. Ainda falta a parte de acabamento, ou seja, colocação de bancos, piso tátil direcional para deficientes visuais, sinalização de trânsito, paisagismo e iluminação.

Esta primeira quadra serviu como piloto para que os responsáveis pelas obras conheçam as dificuldades a serem enfrentadas ao longo de todo trecho que será revitalizado, se estendendo até a Rua Visconde do Rio Branco.

“Durantes os serviços no primeiro quarteirão tivemos uma resposta bastante positiva dos comerciantes e da população. Acredito que se as condições climáticas forem favoráveis, conseguiremos conduzir a obra sem maiores transtornos. O importante é que ao fim dela a Cidade se orgulhe da nova Amando de Barros, mais um compromisso que estamos cumprindo pela administração João Cury / Profº Caldas”, enfatiza o secretário de Obras, André Peres.

Sobre a revitalização

Além da ampliação das calçadas, a revitalização da Rua Amando de Barros fará com que o estacionamento de veículos passe a acontecer em apenas um dos lados da via, com ampliação da pista de rolamento de 3,55 para algo em torno de 4 metros. Também será feita a recuperação da pavimentação asfáltica em toda extensão da Amando, desde o Lavapés.

A compactação da rede elétrica e telefônica só terá início depois que a CPFL concluir a substituição de alguns postes e transformadores. O recapeamento total da Rua Amando, bem como a instalação dos semáforos, acontecerá apenas na reta final das obras.

Também está prevista a implantação de câmeras de monitoramento para reforçar a segurança no local. Haverá reforço no sistema de iluminação, com utilização de lâmpadas mais potentes, econômicas e eficientes.

(Ass. de Imprensa da Prefeitura)