Reunião busca soluções a pontos críticos do trânsito

Uma reunião foi realizada na manhã de quarta-feira (2) entre representantes da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semutran), Guarda Civil Municipal (GCM), Policia Militar (PM), Corpo de Bombeiros e Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) em busca de soluções a problemas críticos do trânsito de Botucatu. Neste primeiro encontro foram debatidos alguns pontos que tem preocupado as autoridades de segurança.

Um deles é a entrada da Cidade pela Rodovia João Hipólito Martins e Avenida Prof. José Pedreti Neto. Como se trata de um trecho de bastante movimentação de veículos, inclusive mais longos e pesados, pretende-se em curto prazo: reforçar as sinalizações [solo e aérea], promover a instalação de radar móvel, e proibir a conversão ? esquerda de quem vem da Castelinho para a Vila São Benedito [neste caso o acesso será possível apenas a quem trafega pela Rua Emílio Cani]. Em longo prazo também está prevista a construção de uma rotatória nesta entrada da Cidade e que deverá disciplinar melhor o trânsito.

Apesar da fiscalização eletrônica constante e a instalação de semáforo desde o final do ano passado, no cruzamento com a Rua Paleologe Guimarães, a Avenida Deputado Dante Delmanto ainda é um dos trechos onde os motoristas cometem as maiores imprudências, especialmente a de excesso de velocidade. Nela, os pontos mais preocupantes são: canteiro central em frente ? Prodive, onde se pretende fechar a passagem e instalar placas para proibir o retorno de veículos; e o cruzamento com a Rua Silvestre Bartoli, trecho que ganhará reforço da sinalização.

O cruzamento entre a Avenida Dom Lúcio e Rua Carlino de Oliveira, em frente ao Cemitério Portal das Cruzes, foi outro tema da reunião. Frequentemente, GCM e PM são acionadas para ajudar motoristas de caminhões que não conseguem fazer a conversão no trecho, sentido saída da Cidade. Por este motivo foi proposta a alteração de posição dos blocos de separação da pista para que a via fique mais larga para a manobra dos veículos mais longos.

Outros trechos abordados no encontro e que preocupam as autoridades na área de segurança são os seguintes cruzamentos: ruas Domingos Cariola e Raul Torres, na Vila Maria, onde será reforçada a sinalização; e das ruas Jorge Tibiriçá e Curuzu, no Centro, local onde uma vegetação na calçada atrapalha a visualização dos motoristas e por isso já foi providenciada a poda dela.

{n}Avaliações{/n}

Para Clóvis Martins, presidente do Conseg, reuniões como esta devem ser realizadas com maior frequência. A próxima já está marcada para o mês de maio. “Botucatu cresceu. A frota também. Por isso as mudanças no trânsito devem ser dinâmicas. Ainda assim, 75% dos acidentes ainda estão relacionadas ? imprudência e falha humana. Neste sentido, a Escolinha de Trânsito implantada ano passado pela Semutran é uma das melhores ações que já vi em Botucatu”, afirma.

O capitão da Polícia Militar, José Semensati Júnior, enaltece a união destes segmentos para tratar de um tema como o trânsito, que envolve o cotidiano de todos, mas se mostra bastante complexo. “Obviamente que cada órgão tem se esforçado para dar atendimento as suas funções, mas quando se tem reunião com vários órgãos, trazendo problemas e apontando sugestões, é claro que fica muito mais fácil as soluções para determinado assunto. Portanto parabenizando a iniciativa.

Segundo o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Vicente Ferraudo, Botucatu conta com uma frota de 86 mil veículos emplacados: 69,8 mil carros, ônibus, micro-ônibus e reboque; além de 16,2 mil de motocicletas e motonetas. “O trânsito não pode ser uma preocupação apenas da Semutran, mas de todo cidadão consciente de seus atos. Utilizar o cinto de segurança, não usar o celular enquanto dirige, dar a preferência ao pedestre na faixa de segurança, respeitar as sinalizações e limites de velocidade, são gestos que fazem toda a diferença para que vidas sejam preservadas”, argumenta.

{n}Autuações de trânsito – Primeiro trimestre de 2014{/n}

Dirigir sem possuir CNH: 147
Dirigir com a validade da CNH vencida: 59
Falta de licenciamento: 179
Embriaguez ao volante: 19
Conduzir veículo utilizando telefone celular: 147
Conduzir veículo não utilizando o cinto de segurança: 95
Utilizar-se do Veículo para demonstrar manobra perigosa: 10
Autuações por estacionamento irregular em outras localidades: 137
Autuações por estacionamento irregular na Av. Santana: 94
Autuações diversas: 1.232
Total: 2119