Prefeitura e Imobiliária definem construção de viaduto

O prefeito João Cury Neto e representantes da Imobiliária Cruzeiro do Sul definiram em reunião realizada na sede da Prefeitura de Botucatu os detalhes para a construção de um viaduto que ligará o Jardim Ipê ao novo loteamento Residencial Jardim Ouro Verde, que começou a ser comercializado no setor norte da cidade. A informação veio da Secretaria de Comunicação.

Estiveram presentes na audiência os diretores da Cruzeiro do Sul Edmundo Mazei Massoni e Antonio Geraldo Bortoluci e Henrique Luiz Bertani, além de Antonio Luiz Bertani, diretor da Expande Corretora, empresa que ficará responsável pela comercialização dos lotes. O secretário municipal de Planejamento, Carlos Eduardo Colenci também participou do encontro.

A construção do viaduto, que terá 110 metros de extensão e cerca de 40 metros de altura terá grande importância para organização do sistema viário da região. E, no futuro, permitirá a ligação com o Distrito Industrial 4, que começará a ser implantado ainda na atual gestão. A obra, avaliada em R$ 4 milhões, será executada pela Cruzeiro do Sul, com acompanhamento técnico feito por engenheiros da Prefeitura.

O contrato já foi assinado e a construção deverá ser iniciada no próximo mês de agosto. A previsão é que a conclusão aconteça no prazo de seis meses. A Imobiliária Cruzeiro do Sul atua em Botucatu há 25 anos, sendo a responsável pela abertura dos loteamentos Jardim Planalto, Jardim Eldorado, Jardim Continental, Jardim Itamaraty, Jardim Cambuí e Jardim Ipê I e II.

A empresa já tem um histórico de parcerias com o poder público nos empreendimentos que executa na cidade. Além de uma ponte no Jardim Itamaraty, construiu e fez doação ? Sabesp de uma estação de recalque de esgoto, no valor de R$ 2 milhões, para livrar da poluição o Córrego São Caetano e outros que compõem a sua bacia.

“Queremos contribuir com o desenvolvimento da cidade. A construção desse grande viaduto é a oportunidade de oferecer um equipamento de alta engenharia. Cercamos-nos de profissionais altamente capazes para que o projeto fosse aprovado com agilidade. E a construção será acompanhada pela prefeitura”, frisa Edmundo Mazei Massoni.

O prefeito João Cury exalta a postura dos empreendedores e afirma que o poder público necessita de parceiros que acreditam e apostam no desenvolvimento da cidade. “A Cruzeiro do Sul já tem uma história de sucesso em Botucatu e tem uma forma pouco comum de se relacionar com o poder público. É difícil encontrar um empresa que lança um empreendimento imobiliário e se dispõe a construir um viaduto de quatro milhões de reais. Essa é uma grande parceria que trará muitos benefícios ? população”, afirma.