Paratodos conta com internet grátis e horários de ônibus

Já passava um pouco do meio dia e quem esperava sua condução, no tradicional mini terminal em frente à Praça Coronel Moura (Paratodos), não tirava os olhos de um monitor 32 polegadas instalado no local. Alguns pareciam incrédulos ou incertos do que estava para ocorrer, mas enfim, sem um minuto de atraso, lá estava o ônibus da linha 103 Sesi/Jardim Brasil, que contornava a esquina da Rua Coronel Fonseca com a Avenida Floriano Peixoto. A ansiedade havia passado.

Era a primeira demonstração do potencial do sistema eletrônico para monitoramento de horários de ônibus, lançado nesta sexta-feira (24) pela Prefeitura de Botucatu, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, em um evento que reuniu autoridades públicas, representantes do Conselho Municipal do Transporte Coletivo e populares em geral.

A inédita iniciativa do Poder Público consegue dar fim a uma angústia de anos dos usuários do transporte público de Botucatu: chegar no ponto e saber se seu ônibus já passou ou ainda está por vir. Apesar de óbvio, colocar esta ideia em prática nunca foi tarefa fácil. Mas com a ajuda da tecnologia e de inúmeros parceiros, o sonho começava a se tornar realidade.

Para viabilizar o serviço, a Divisão de Tecnologia e Recursos da Informação (TI) – vinculada à Secretaria da Administração de Botucatu, instalou também no Paratodos todos os equipamentos necessários para a disponibilização de internet grátis, via wi-fi. Trata-se da oitava Praça Digital de Botucatu, que além de possibilitar à população acesso livre à rede mundial de computadores para a busca de informações, troca de mensagens e entretenimento, permite que o sistema montado exiba em tempo real os horários de ônibus aos passageiros e outras notícias relevantes ao grande público.

O monitor é mais um avanço idealizado pela Semutran, que desde o início deste mês já tem implantado nos principais abrigos de ônibus da Cidade adesivos de QR Codes, espécie de código de barras em 2D. Para usufruir do serviço, basta que o usuário tenha um aplicativo para decodificação de QR Codes em seu smathphone ou tablet. Ao posicionar a câmera do aparelho à imagem, o usuário é redirecionado eletronicamente à tabela de horários de passagem do ônibus no ponto exato onde o passageiro está. Vale lembrar que hoje toda a frota do transporte público coletivo de Botucatu é monitorada por GPS, possibilitando que este novo serviço forneça à população o tempo mais fiel possível dos ônibus dentro de suas respectivas linhas.

Coisa de Europa? Não para o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Vicente Ferraudo, que comparou a implantação do sistema eletrônico para monitoramento dos horários de ônibus com a primeira chegada do homem à lua. “De fato temos que encarar isso tudo como um grande passo para a história de Botucatu, e que talvez só daremos conta do quão revolucionário é daqui 20, 30 ou 40 anos. Da mesma maneira que foi a implantação dos contadores regressivos nos semáforos, esperamos amenizar um pouco a ansiedade da pessoa que espera seu ônibus e assim restaurar a credibilidade do serviço de transporte público na Cidade. A intenção é com o tempo ampliar o serviços”, afirma.

Para o prefeito em exercício, André Rogério Barbosa [Curumim], o sistema de transporte público em Botucatu, muito questionado antes da quebra de monopólio do serviço promovida em 2012 [hoje o sistema é compartilhado pelas empresas Stadtbus e São Dimas], agora já está mostrando melhorias diretas à população. “Isso é resultado da união de esforços e competência da equipe montada pelo prefeito João Cury Neto. Podemos perceber que a insatisfação da população em relação ao serviço está menor, justamente porque essas novas tecnologias permitem uma fiscalização mais próxima e constante do Poder Público. É algo revolucionário e que melhora muito o dia a dia da nossa gente”, argumenta.

 

Praça Digital já tem 14 mil usuários

Além do Paratodos, o projeto Praça Digital já está nas praças Rubião Júnior, Dom Luiz Maria de Santana (Catedral), Emilio Peduti (Bosque), Cavalheiro Virgílio Lunardi (Igreja Sagrado Coração de Jesus), Carlos Gomes (Igreja São Benedito) e Alexandre Fleming (em frente ao Hospital do Bairro) e Ginásio Municipal. Atualmente o serviço de internet grátis via wi-fi também já é disponibilizado no Prédio da Prefeitura e Terminal Rodoviário.

Para ter acesso gratuito à internet o usuário deverá se conectar à rede "Praça Digital". Será direcionado para uma tela onde deverá preencher um cadastro com seus dados e em seguida deverá preencher o e-mail e senha. Uma vez logado, o usuário terá cinco horas contínuas de conexão. A velocidade de conexão é de no mínimo 256kbps, com acesso irrestrito e gratuito a qualquer cidadão.

De acordo com a Divisão de Tecnologia e Recursos da Informação da Prefeitura de Botucatu, até o momento, mais de 14,3mil pessoas já estão cadastradas pelo Praça Digital. A média é de 62 acessos simultâneos por dia.