Operação Verão está desencadeada em Botucatu

O coordenador da Defesa Civil, Paulo Renato da Silva (foto), está coordenando desde dezembro do ano passado ações que compõem a Operação Verão 2015. Ela se estenderá até o final de março, com objetivo de potencializar as ações capazes de minimizar os problemas resultantes do período das chuvas.

A iniciativa ocorre desde o verão 2012/2013 e conta com a colaboração das secretarias do Poder Público Municipal além de órgãos ligados à segurança pública e atendimentos de urgência e emergência. 

Entre os serviços realizados estão podas preventivas de árvores, obras de contenção, limpeza, alargamento e aprofundamento da calha de rios, recuperação de pontes, limpeza e desobstrução de bueiros, cadastramento de famílias que ocupam áreas de risco e assistência social. Em caso de alagamentos, desmoronamentos ou qualquer outro desastre natural provocado pelas chuvas basta a população ligar para o telefone 199 (GCM/Defesa Civil).

“A Operação Verão é uma grande rede integrada de prevenção, que monitora dia e noite qualquer situação de perigo provocada pelas chuvas. No verão de 2012/2013, por exemplo, registramos 213 atendimentos, redução de 30% no número de ocorrências relacionadas à chuva. E com novas obras de drenagem urbana, realizadas neste ano, nossa expectativa é diminuir ainda mais essas queixas”, argumenta o coordenador da Defesa Civil.

 

Drenagem urbana

Paulo Renato enfatiza que em 2014 o foco de investimentos da Prefeitura de Botucatu, em infraestrutura urbana, foi voltado ao plano de drenagem urbanacom a construção mais de 8,7 km de tubulações de concreto por baixo da superfície, investimento superior a R$ 6 milhões. Lembra que de 2009 a 2013, foram assentados mais de 9,7 km em extensão de galerias de águas pluviais. “Somados estes valores, serão mais de 18,4 km de galerias construídas em seis anos da atual gestão”, ressalta.

Até o momento já foram concluídas galerias no Monte Mor, Real Park, Jardim Tropical, Jardim Vitória II (Distrito de Vitoriana), Comerciários III e no complexo viário da região Oeste (entrada para o Vila Real e Shopping Botucatu). Também estão em ritmo acelerado obras no Santa Elisa e Jardim Botucatu (Distrito de Rubião Júnior). Outra importante galeria em construção é a da Rua Dr. Jaguaribe (Vila Antártica), que deve ser concluída em 2015.

A Prefeitura de Botucatu também tem buscado agilizar a parte de projetos e documentações finais para abertura das primeiras licitações das obras dos cinco “piscinões” – imensos reservatórios de amortecimento de cheias, que serão construídos com recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento): quase R$ 40 milhões.