Nomeado o Conselho de Segurança Alimentar

Na manhã desta segunda-feira (12) foi realizada, no auditório Cyro Pires da Prefeitura de Botucatu, a cerimônia de posse do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Comsan). O evento contou com a presença do secretário municipal de Governo, Caco Colenci; secretário municipal de Agricultura, Milton Bosco; secretária municipal de Assistência Social, Amélia Maria Sibar; presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Comsan), Marilza Petrechen; além de demais representantes de instituições parceiras como a Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social, o Serviço Social da Indústria (Sesi) e do Instituto de Biociências (IB) da Unesp de Botucatu.

Na oportunidade, com a tomada de posse dos conselheiros e de seus suplentes, Botucatu aproximou-se ainda mais de atingir o primeiro objetivo proposto pelo Comsan: tornar-se o primeiro Município do Estado de São Paulo a aderir ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar (Sisan). Ele busca garantir o direito humano à alimentação adequada. A adesão foi aprovada após votação unânime.

Além da cerimônia, alguns outros tópicos também foram abordados. Entre eles está a criação de uma Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan) no Município com o objetivo de promover articulação e maior integração entre os órgãos e entidades do Serviço Público.

Também foi debatida a reestruturação das funções do Banco de Alimentos, que receberá alimentos não utilizados de diversos produtores e comércios de Botucatu e deverá remanejá-los a famílias carentes ou ligadas a projetos da Secretaria de Assistência Social. Além disso, o Banco de Alimentos deve ter autonomia para realizar troca de produtos com outros bancos da região.

Para o secretário municipal de Governo, Caco Colenci, o foco do Comsan é o consumidor final dos produtos. “O objetivo do conselho é claro: facilitar a ligação entre todos os setores e organizações participantes, trabalhando em unidade, para que o alimento chegue da melhor forma e da maneira mais rápida a nossa meta final, o consumidor”, conclui.

Sobre o Comsan 

O Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Comsan) desenvolve o acompanhamento e propostas de políticas públicas no setor de segurança alimentar e combate à fome desde 2009, quando organizou o projeto do Banco de Alimentos para o Ministério do Desenvolvimento Social. Em Botucatu, ele foi responsável por demandar à Prefeitura a criação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), lançado em 2011.

Nos últimos anos, o Comsan tem proposto ações e realizado eventos na área tais como as conferências e semanas municipais de segurança alimentar e nutricional, além da participação nas conferências estudais e federais.

Também desenvolveu projetos em parcerias com diferentes entidades, entre elas o Instituto de Biociências (IB) da Unesp de Botucatu, a Rede Sans, a Caritas Diocesana, o Instituto Floravida, Instituto Giramundo e o Sesi.