Mais de 10 mil pessoas participaram do sorteio de casas

Fotos: Luiz Fernando

A Prefeitura de Botucatu por meio da Secretaria de Habitação promoveu na tarde deste domingo (14) o sorteio das 499 unidades do Residencial Caimã, destinado a famílias com renda de até R$ 1,6 mil. Além do Poder Público Municipal, Caixa Econômica Federal e construtora Pacaembu são parceiros da obra. Mais de 10 mil pessoas estiveram presentes.

O sorteio foi realizado no largo da Catedral fazendo parte das comemorações do aniversário de 158 anos Botucatu, em frente ao prédio da Prefeitura. O novo conjunto de casas populares, que está em fase de construção na Rua Antonio Madureira, Jardim Saúde, Distrito de Rubião Junior é do programa “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal. Serão investidos R$ 34,9 milhões, com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR).

Cada casa terá o valor unitário de R$ 70 mil, com área construída de 41,20m², divididos em dois quartos, sala, banheiro e cozinha. Todas as unidades serão equipadas com aquecimento solar, sendo parte delas adaptadas para portadores de necessidades especiais.

Secretário de Habitação, José Carlos Broto, explicou que cada família contemplada por este programa pagará uma prestação a partir de R$ 25 para uma casa com valor de R$ 70 mil. “É um programa totalmente inclusivo. A pessoa praticamente ganha a casa. Quem vai pagar o máximo de parcela, que é R$ 80, vai pagar R$ 9,5 mil de uma casa que vale R$ 70 mil”, comparou.

As pessoas aptas a participar do sorteio realizaram o cadastro habitacional promovida pela Secretaria Municipal de Habitação, em julho e agosto de 2012. Na oportunidade foram cadastradas pouco mais de 6,8 mil famílias com renda de até R$ 1,6 mil e selecionadas como aptas ao sorteio 5.279.