Fundo Social qualifica babás para o mercado de trabalho

Na manhã desta terça-feira (5) foi realizada no Fundo Social de Solidariedade (FSS) a entrega dos certificados de conclusão do curso de babá para seis participantes. O curso, que somou 52 horas de treinamento, foi realizado na própria sede do FSS, com início no dia 27 de abril e término no dia 15 de junho.

As participantes Vanessa Cristina de Moraes, Fernanda Mazzini,
Graciele Soares, Adelma Aparecida de Moraes, Eliane Aparecida Batista e Alessandra Aparecida Moreno Azevedo tiveram aulas de nutrição, cuidado com os dentes das crianças, postura e relacionamento interpessoal, primeiros socorros, puericultura, relações humanas e desenvolvimento infantil e noções básicas sobre Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Segundo o prefeito João Cury Neto, a capacitação garante o encaminhamento para o mercado de trabalho de pessoas diferenciadas e bem preparadas, ainda mais em uma área como esta que lida diretamente com as crianças. “Neste curso foram abordados além de assuntos da criança no seu dia a dia, também seus direitos por meio do ECA. O que melhora a vida das pessoas é dar condições para elas terem uma colocação no mercado de trabalho e isto que estamos fazendo ao capacitar essas profissionais”, explica.

De acordo com a primeira-dama e presidente do FSS, Rachel Ferronatto Cury, a ideia é realizar outros cursos ao longo do ano, uma vez que muitas pessoas procuram o Fundo Social com este interesse. “Temos uma grande demanda. Uma babá com qualificação faz toda a diferença. Prova disso é que uma das participantes do curso já está empregada na área”, relata.

Os currículos das participantes do curso de babá estão sendo encaminhados pelo Fundo Social de Solidariedade para o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), Ápice Recursos Humanos e ? agência Kaidara.