Estudantes do OP Jovem viram “prefeitos por um dia”

O prefeito João Cury Neto recebeu nesta sexta-feira (1º de junho), em seu gabinete, as estudantes Ana Carolina Pires Fescina e Mayara Guedes de Assis, representantes do Colégio Tyto Alba e da Escola Estadual “Dom Lúcio Antunes de Souza”, as quais foram eleitas para participar do projeto “Prefeito por um dia”, promovido pelo Orçamento Participativo (OP) Jovem.

Elas puderam acompanhar o dia do prefeito, incluindo reuniões e demais atividades da agenda. Ana Carolina ressalta a importância de conhecer o funcionamento do Poder Público: “Hoje em dia, os jovens não se preocupam com a política e acabam se distanciando das questões públicas, do interesse coletivo. Acredito que quando temos a oportunidade de ver de perto como funciona o Executivo, podemos nos engajar e lutar pelo que é melhor para todos”, comenta.

Mayara de Assis enfatiza a necessidade de aprender sobre o trabalho dos governantes para, assim, saber como atuar no campo político. “É a primeira oportunidade que estamos tendo de adquirir alguma experiência nessa área e, com isso, teremos a chance de mostrar que podemos fazer a diferença ao defender os nossos direitos e colocar nossas opiniões para serem discutidas”, ressalta.

Neste mês de junho, outros 19 estudantes de escolas públicas e particulares, eleitos por seus colegas de OP Jovem terão a oportunidade de acompanhar a rotina diária do Chefe do Executivo Municipal

{n}Sobre o OP Jovem{/n}

O OP Jovem teve início em outubro de 2011 com reuniões em 22 escolas públicas e particulares, envolvendo mais de 3 mil estudantes do nono ano do Ensino Fundamental e terceiro ano do Ensino Médio.

Neste processo de consulta e debate democrático, os alunos escolheram Noemi Maira Jacob, estudante do terceiro ano do Ensino Médio da Escola Aitiara como coordenadora da juventude. Mas devido a compromissos particulares, Noemi não pôde assumir o cargo, alocado junto ? Secretaria Municipal de Planejamento. Assim, Mayara de Assis, segunda mais votada no processo, assumirá a função ao lado do estagiário Lucas Juliam da Silva, da Escola Técnica “Dr. Domingos Minicucci Filho”, também escolhido por seus colegas do OP Jovem.

Mayara e Lucas irão trabalhar junto aos núcleos estudantis de cada unidade escolar organizando as demandas do público jovem. Eles também acompanharão de perto os investimentos a serem realizados pelas escolas com os recursos repassados pela Prefeitura ao OP Jovem, da ordem de R$ 100 mil. O valor foi dividido pelas 22 escolas incluídas no projeto e foram os próprios jovens delegados escolhidos por seus colegas que tiveram a missão de debater as necessidades de cada unidade educacional, avaliando as prioridades de cada uma.