Escolas de Botucatu comemoram o Dia do Brincar

http://www.botucatu.sp.gov.br/fotos/noticias/16712/Gall001.JPG

O Dia Municipal do Brincar, comemorado em 28 de maio foi de muita atividade em todas as escolas da rede municipal de ensino de Botucatu, em especial para as escolas de Educação Infantil. Os educadores promoveram nas creches e escolas de Educação Infantil uma série de atividades e brincadeiras, resgatando com todas as crianças brincadeiras coletivas, como corrida de saco, dança das cadeiras, concurso de bambolê, pega-pega, danças, entre outras.

O Dia Municipal do Brincar foi  instituído em 15 de maio de 2012, pela Lei de nº 5.374, e integra o calendário oficial de Botucatu. Tem por objetivo o resgate e a valorização da importância do brincar na vida das crianças e até mesmo de jovens, adultos e idosos. Neste dia, as unidades escolares promovem reuniões, palestras e  seminários, por meio da implementação de atividades específicas relacionadas ao tema Brincar.

Projeto “Bem Te Vi”

Também os alunos do projeto socioeducativo Bem Te Vi participaram de atividades de recreação em comemoração a Semana Mundial do Brincar, na Escola Municipal Nair Amaral.  A ação conjunta com alunos da unidade escolar foi realizada com apoio do Fundo Social de Solidariedade (FSS). A Semana do Brincar é um evento criado em 2009 pela Organização Não Governamental Aliança pela Infância e tem como objetivo incentivar o brincar de forma livre.

Segundo a coordenadora do projeto Bem Te Vi em Botucatu, Caren Sarteschi, além das atividades na Escola Nair Amaral os alunos também participaram de ações no Sesi e na Aitiara Escola Waldorf. “Atualmente o projeto atende 50 crianças do bairro Santa Maria I com atividades artísticas, pedagógicas e culturais inspirada pedagogia Waldorf, no contra turno escolar”, explica.

O Bem Te Vi foi desenvolvido 2011 por uma equipe constituída por membros da Associação de Moradores e Amigos (AMA) do Bairro da Demétria e Aliança pela Infância, com a participação da Associação Assistencial e Pedagógica Aitiara (APA) e Escola Municipal Elda Moscogliato. O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Fundo Social de Solidariedade (FSS), também são parceiros do projeto.