Erosão está “engolindo” terreno de condomínio no Jardim Paraíso

Os moradores do Condomínio Araucária, conjunto de 10 blocos de prédios habitacionais, com 16 apartamentos cada um (totalizando 160 unidades), na Rua José Barbosa de Barros, nº 1483, região do Jardim Paraíso, estão alarmados e bastante apreensivos com o surgimento de uma enorme erosão provocada pelas chuvas que desabaram na cidade nos últimos dias.

O local foi vistoriado na manhã desta quarta-feira por autoridades municipais ligadas a diferentes segmentos, como os vereadores Abelardo (PV) e Lelo Pagani (PT), o coordenador da Defesa Civil do Município, Domingos Chavari Neto e o gerente da Caixa Econômica Federal (CEF), José Carlos Broto.

A erosão já está a menos de um metro do alambrado que cerca o condomínio e oito metros do primeiro prédio, no bloco 10. O piso de concreto já foi atingido e a erosão já está formando um túnel abaixo do piso de concreto da calçada. A continuar nesse estágio as próximas chuvas deverão fazer com que mais terra seja levada pela enxurrada, complicando ainda mais esta situação.

Para tentar chegar a uma solução em caráter de urgência uma reunião deverá ser realizada nas próximas horas, com a participação de representantes do Condomínio, Câmara Municipal, Caixa Econômica Federal, Secretaria Municipal de Obras, Defesa Civil e a empreiteira Residen, que é responsável pela manutenção daquele conjunto de prédios do Jardim Paraíso.

Não bastasse a água da chuva, a galeria do Condomínio Araucária recebe águas pluviais de outras ruas adjacentes e com isso o fluxo de água é bem maior acarretando o risco real de esta erosão vir a aumentar, significativamente, nos próximos dias.

“É necessário que se tome providências urgentes, pois a situação é gravíssima. Estivemos conversando com os moradores do condomínio e eles estão alarmados com a possibilidade dessa erosão aumentar e chegar ao primeiro prédio. Não é hora de procurar culpados e sim de ação. Temos que nos unir para que o problema seja resolvido”, comentou Domingos Chavari Neto, da Defesa Civil, que nos últimos dias tem sido muito acionado em razão dos danos causados pelas chuvas.

Fotos: Valéria Cuter