Deputado e Prefeito vão até o Governo do Estado para discutir novos pedágios

O deputado estadual Fernando Cury (PPS) estará nesta terça, 08, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, com o Secretário de Governo Saulo de Castro. O encontro deve acontecer às 11 horas, e contará também com a presença do Prefeito de Botucatu João Cury. O assunto em pauta é a intenção de instalação de novas praças de pedágios em Botucatu e Região.

Assim como já se manifestou ao Acontece sobre os pedágios, o parlamentar usou nesta segunda, 07, as redes sociais para manter sua posição com relação ao assunto que causou muito desconforto. “Sou contrário, principalmente diante do atual momento de crise econômica que o Brasil atravessa. Com essas novas praças, há o risco de trabalhadores perderem empregos, já que as empresas também serão afetadas por essa nova despesa. Caso as instalações dessas praças sejam irreversíveis, não podemos ficar de mãos atadas. Gostaria, no mínimo, de sugerir obras e investimentos para Botucatu e Região”, colocou o Parlamentar em sua página do facebook.

Deputado e Prefeito também estarão na quarta-feira, 9, às 10 horas, em Salto, para uma reunião com o diretor presidente da Concessionária Rodovias do Tietê, Emerson Luiz Bittar. Deve estar em pauta a situação da Serra de Botucatu, na Rodovia Marechal Rondon, que está interditada desde janeiro.

“Essa situação está causando transtornos financeiros, prejudicando comércios e empresas no Alto da Serra, e também problemas sociais, já que algumas crianças estão sem aulas. Além disso, as pessoas com problemas de saúde encontram dificuldades para chegar ao Hospital das Clínicas da Unesp de Botucatu, pois, sem a Serra, precisam pegar a Rodovia Castello Branco, percorrer um trajeto de 90 km e pagar dois pedágios”, postou Cury.

 

Novos pedágios

Os moradores de Botucatu e região serão afetados se for concretizada a ideia do governo paulista de instalar 25 novas praças de pedágio no estado. A praça botucatuense será no quilômetro 160 da rodovia Geraldo Pereira de Barros, a SP-191, que liga Botucatu a região de Piracicaba.

As outras serão construídas na SP-255, Rodovia João Melão, no quilômetro 228, entre Pratânia e Avaré e no quilômetro 167, no trecho entre Barra Bonita e Jaú. A última ficará em Santa Maria da Serra, ou seja, o motorista que for de Botucatu para Piracicaba pagará duas tarifas durante o percurso. Essa cobrança ficará no quilômetro 218 da rodovia Geraldo Pereira de Barros, entre os municípios de Santa Maria e São Pedro. Ainda não há previsão de valores.