Crise no governo pode inviabilizar viaduto em Botucatu

A crise financeira que assola o Governo Federal pode inviabilizar a consolidação do projeto do prefeito João Cury Neto e do deputado federal Milton Monti, que prevê a construção de um viaduto para ligar os bairros como Vila Maria, Vila Ema, Jardim Cristina entre outros bairros adjacentes ao Jardim Paraíso transpondo a linha férrea (antiga Ferroban) e o ribeirão Lavapés, que cortam aquela região da cidade.  A obra está orçada em R$ 20 milhões.

O deputado que fez a emenda orçamentária para conseguir a verba salientou que trabalha para viabilizar esse projeto desde 2009.  Lembra que procurou o ministro dos Transportes Alfredo Nascimento (na época) e detalhou a necessidade de conseguir verba federal para execução do projeto e ele teria acatado a proposta se comprometendo a liberar a verba.

“Todas as tratativas foram feitas, mas estamos aguardando a liberação do dinheiro”, disse Monti.  A expectativa era que a construção fosse iniciada ainda no primeiro semestre de 2014, o que não aconteceu e com a crise atual, não se sabe quando a verba será disponibilizada.

O prefeito João Cury já declarou que esta é uma obra esperada há mais de 20 anos para unir dois setores importantes da Cidade, contribuir pelo desenvolvimento daquela região e melhorar a mobilidade urbana e o sistema viário, sendo o viaduto parte integrante do Rodoanel que se vislumbra criar no entorno da cidade dentro do projeto Botucatu 2025 que foi apresentado à população.