Campanha da Faxina começou nessa segunda no setor Norte

Começou na ultima segunda-feira (22) a Campanha da Faxina, um projeto da Prefeitura de Botucatu, organizado pelas Secretarias Municipais de Obras e Saúde, e que promete mobilizar toda a população, até o dia 30 de novembro, no recolhimento de materiais que não possuem mais serventia nas residências e ruas do Município. Segundo a Ouvidoria Municipal, de cada três queixas registradas, duas são sobre limpeza pública.

Botucatu foi dividida por setores para facilitar o escoamento do lixo recolhido junto aos moradores. De acordo com o cronograma, a campanha começa pelo no setor Norte, que abrange os seguintes bairros: Vila Carmelo, Vila Casa Blanca, Vila dos Lavradores, Vila Antártica, Vila Ferroviária, Distrito Industrial I e II, Jardim Continental, Jardim Itamarati, Jardim Planalto, Jardim Panorama, Vila Nova Botucatu, Vila Paulista, Chácara dos Pinheiros, Jardim Flamboyant, Jardim Iolanda, Monte Mor, Altos do Paraíso, Jardim Paraíso I e II (veja abaixo a ordem em que a limpeza chegará aos demais setores e bairros).

Estão previstos para participar da ação cerca de 150 profissionais ligados ? s Secretarias de Obras e de Saúde. Pelo menos 16 caminhões e outras quatro kombis serão utilizados para o recolhimento dos materiais, que deverão ser depositados nas calçadas até ? s 8 horas da manhã do dia de coleta estabelecida para cada região. Não serão recolhidos restos de poda, de construção, pilhas e baterias, materiais hospitalares ou tóxicos.

A Guarda Civil Municipal durante o mês de novembro intensificará junto aos alunos das escolas da rede de ensino municipal a importância de se manter limpa a Cidade. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente também estuda fazer plantio de árvores e colocação de placas informativas nas áreas mais críticas que costumeiramente são usadas como verdadeiros bolsões de lixo a céu aberto.

Pelo artigos 61 e 62 da lei federal 9605/99, jogar lixo em áreas de preservação é crime ambiental e a multa nestes casos pode chegar a R$ 5 mil. Segundo o setor de limpeza pública da Prefeitura, em um recente serviço efetuado na região do Pátio 8 (setor Leste) foram necessários três dias, 30 viagens de caminhão para recolher pouco mais de 20 toneladas de lixo que é jogado irregularmente no local.

De acordo com o secretário municipal de Obras, Nivaldo Vizotto, será a oportunidade da população descartar de forma adequada tudo aquilo que poderia ser jogado no meio ambiente. “Esse lixo descartado da forma errada só traz impacto negativo para a nossa Cidade, desde bueiros entupidos em dias de chuva, o que provoca alagamentos, até a contaminação de pessoas através de doenças. Mas a idéia da campanha não é apenas promover uma semana de faxina, mas estimular boas atitudes ambientais que se perpetuem e conscientizem a população a não mais despejar lixo nas calçadas e áreas verdes”, comenta.

Através do último levantamento realizado pala equipe da Vigilância Ambiental em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, foi possível diagnosticar que o principal recipiente que serve de criadouro para o Aedes aegypti (mosquinto da dengue) nos quintais da população botucatuense continua sendo os materiais inservíveis, ou seja, aqueles que a população possui em seus quintais, mas que, no entanto, não têm mais utilidade.

Com a campanha vai ser possível retirá-los antes dos meses onde há uma maior proliferação do mosquito transmissor da dengue, evitando assim uma possível epidemia no Município. “Também com essa iniciativa será evitada a proliferação de animais sinantrópicos, tais como escorpiões, ratos, caramujo gigante africano, baratas, entre outros”, completa Valdinei Silva, supervisor da Vigilância Ambiental em Saúde.

{n}Cronograma da campanha

Dia 22 de novembro (segunda-feira) – setor Norte{/n}
Vila Carmelo, Vila Casa Blanca, Vila dos Lavradores, Vila Antártica, Vila Ferroviária, Distrito Industrial I e II, Jardim Continental, Jardim Itamarati, Jardim Planalto, Jardim Panorama, Vila Nova Botucatu, Vila Paulista, Chácara dos Pinheiros, Jardim Flamboyant, Jardim Iolanda, Monte Mor, Altos do Paraíso, Jardim Paraíso I e II.

{n}Dia 23 de novembro (terça-feira) – setor Leste{/n}
Jardim Cristina, Parque Residencial Serra Negra, Residencial Arlindo Durante, Vila Maria, Cohab II, Jardim Bandeirantes, Jardim Brasil, Jardim Ciranda, Jardim Peabiru, Vila Mariana, Bairro Alto, Jardim Dona Nicota, Vila Bela Vista, Vila Rodrigues Alves, Jardim São Vicente.

{n}Dia 24 de novembro (quarta-feira) – setor Sul{/n}
Cohab V e VI, Comerciários I, II, III e IV, Vila Cidade Jardim, Chácara Recreio do Havaí, Cohab I, Convívio, Jardim Palos Verdes, Jardim Reflorenda, Parque dos Pinheiros, Cohab do Sesi, Jardim Aeroporto, Altos da Serra, 24 de Maio, Santa Mônica.

{n}Dia 25 de novembro (quinta-feira) – setor Central{/n}
Centro, Chácara Milanesi, Vila Cariola, Vila Silvinha, Lavapés, Vila Assunção, Vila Santa Terezinha, Cecap, Jardim Bom Pastor, Vila Nogueira, Vila Nossa Senhora da Penha, Vila Paraíso, Vila São Benedito, Vila São Judas Tadeu, Vila Sônia, Recanto Azul, Vila São Lúcio, Vila São Luiz.

{n}Dia 26 de novembro (sexta –feira) – setor Oeste{/n}
Chácaras Reunidas Vista Alegre, Parque Imperial, Parque Marajoara, Parque Tupy, Vila Real, Jardim Riviera, Jardim Santa Elisa, Recanto Árvore Grande, Jardim Tropical, Parque das Cascatas, Vista Alegre, Jardim Botucatu, Jardim Centenário, Jardim Santo Ignácio, Jardim São José, Vila Sueleny, Rubião Junior.

{n}Dia 29 de novembro (segunda-feira) – Continuação do Setor Norte{/n}
Distrito de Vitoriana, Alvorada da Barra, Porto Said, Rio Bonito e Mina.

{n}Dia 30 de novembro (terça-feira) – outras regiões{/n}
Green Valley, Santo Antonio de Sorocaba, Anhumas, Piapara, Recreio da Amizade (Cascata da Marta).

Fonte: Jornalista Igor Medeiros
Secretaria de Comunicação