Campanha antirrábica chega à zona rural; mais de 17 mil animais já foram imunizados

campanha-antirrabica-2016-fotos-vigilancia-ambiental-em-saude-6A  45ª Campanha de Vacinação Antirrábica em Botucatu iniciou nesta segunda-feira (19) o atendimento na zona rural, com postos montados na região da Fazenda Monte Alegre [Estrada Velha de Avaré], Rodovia João Melão [Fazenda São José do Palmital], região do Califórnia I e II, e Faxinal. A ação segue até o dia 26 deste mês [veja programação da zona rural abaixo].

Até o último sábado (17), de acordo com a Vigilância Ambiental em Saúde (VAS), a campanha já havia passado pela região urbana e periurbana do Município e imunizado 17.881 animais: 2.762 gatos e 15.119 cães. A meta da campanha é vacinar 24 mil animais. Todo cão e gato com mais de três meses de idade pode ser imunizado.

“Importante lembrar a população que neste mês de setembro temos mantido um posto permanente aos sábados, das 8 às 13 horas, dentro da Secretaria Municipal de Saúde. Então neste próximo sábado (24) também estaremos atendendo aqueles que por um motivo ou outro não conseguiram imunizar seu animal de estimação. Durante o ano todo, de segunda a sexta-feira, o Canil Municipal também funciona como posto de vacinação antirrábica”, salienta Rodrigo Iais, diretor do Departamento de Saúde Ambiental e Animal da Secretaria Municipal de Saúde.

campanha-antirrabica-2016-fotos-vigilancia-ambiental-em-saude-1A campanha conta com mais de 100 pessoas envolvidas, entre funcionários da Secretaria da Saúde e alunos e docentes da FMVZ. A VAS informa que seus funcionários não estão autorizados a vacinar quaisquer animais fora dos postos de vacinação. Cabe, assim, aos proprietários levarem seus animais aos locais designados com a carteira de vacinação do animal em mãos.

Vale lembrar ainda que Botucatu não registra casos de raiva em cães e gatos há mais de 30 anos.

Orientações

Além de não se esquecer de levar a carteira de vacinação do animal, o proprietário do mesmo deve seguir algumas recomendações importantes. Para cães, o uso de coleira, guia ou corrente é indispensável. Também é aconselhável, no caso dos animais de comportamento mais agressivo, a utilização de focinheira.

campanha-antirrabica-2016-fotos-vigilancia-ambiental-em-saude-5No caso dos gatos, que terão prioridade na fila de vacina, os donos devem fazer o transporte do animal em caixas adequadas, com ventilação. Não levá-los em sacos ou sacolas plásticas, que podem causar a asfixia do animal.

No momento da aplicação da vacina não é recomendado que crianças participem da contenção do animal. O procedimento deverá ser conduzido por um adulto, com o apoio dos profissionais presentes no posto.

 

Sobre a doença

A raiva é uma doença infecciosa aguda, causada por um vírus, que compromete o Sistema Nervoso Central.

No ser humano, de forma geral, pode apresentar sintomas como: febre moderada; dor de cabeça difusa; tontura; sensação de mal estar geral; com dores vagas e/ou generalizadas pelo corpo; coceira (com formigamento ou sensação de arrepio e queimação local) que em geral se inicia ao redor do local da agressão; dor de garganta e/ou dificuldades ao engolir; náuseas; vômitos; dor abdominal (vaga e difusa); alterações de comportamento (ansiedade, nervosismo, insônia, apreensão, agitação, agressividade, depressão e fobias), entre outros.

Cães e gatos podem ter um algum contato acidental com os morcegos, um dos principais vetores da doença. A raiva pode transmitida aos mamíferos, inclusive o homem, através da mordida, arranhão ou lambedura de cães, gatos ou morcegos contaminados pelo vírus. A doença pode também acometer os animais herbívoros como boi, cavalo, ovelha e cabra.

Caso seja mordida por um animal, mesmo se ele estiver vacinado contra raiva, é recomendado que a pessoa lave imediatamente o ferimento com água e sabão, além de procurar com urgência o serviço de saúde mais próximo.

 

Serviço

Vigilância Ambiental em Saúde de Botucatu – Secretaria Municipal da Saúde

Rua Major Matheus, nº 07 – Vila dos Lavradores

Telefone: (14) 3813-5055 ou 150

 

PROGRAMAÇÃO CAMPANHA ANTIRRÁBICA 2016

 

ZONA RURAL

 

19 de setembro

Posto móvel – Região da Fazenda Monte Alegre, Estrada Velha de Avaré, Rodovia João Melão, Fazenda São José do Palmital – 9h às 17h.

Posto móvel – Califórnia I e II e Região – 9h às 17h

Posto móvel – Bairro Faxinal – 9h às 17h

 

20 de setembro

Posto móvel – Trecho da Rodovia Marechal Rondon (Posto Policial até Chácaras Boa Vista), Distrito Industrial, Fazenda Alvorada e Pavuna – 9h às 17h

Posto móvel – Trecho da Rodovia Capitão José Gomes Pinheiro (da Rodovia Marechal Rondon até a Linha Férrea) – 9h às 17h

Posto móvel – Estrada Municipal Domingos Papa até Santa Maria do Araquá – 9h às 16h

Posto móvel – Condomínio Capão Bonito – 9h às 12h

Posto móvel – Loteamento Herbo – 13h às 17h

Posto móvel – Estrada Córrego Fundo (atrás do Jardim Monte Mor) – 9h às 10h

 

21 de setembro

Posto móvel – Trecho da Fazenda Morro Vermelho – 9h às 10h

Posto móvel – Rodovia Alcides Soares – 9h às 16h

Posto fixo – Rio Bonito (Bar da Balsa) – 9h às 11h30

Posto fixo – Mina (Posto de Saúde) – 13h às 16h

Posto móvel – Trecho do Porto Said até a Ponte do Jaú – 9h às 12h

Posto fixo  – Alvorada da Barra (ponto de ônibus) – 13h às 16h

Posto fixo  – Vitoriana (Posto de Saúde) – 9h às 16h30

Posto fixo  – Vitoriana (Praça da Igreja) – 9h às 16h30

 

22 de setembro

Posto móvel – Região do Pátio 8, Morro do Peru, Estrada Municipal Elias Alves até Piapara – 9h às 17h.

Posto móvel – Aracatu – 9h às 11h

Posto móvel – Estrada Municipal Geraldo Biral até a Região da Usina Indiana – 9h às 12h

Posto móvel – Região da Estância Lívia – 13h às 17h

Posto móvel – Região de Piapara – 9h às 17h

Posto móvel – Região de Santo Antonio de Sorocaba até Piapara – 9h às 17h

Posto móvel – Trecho da Rodovia Marechal Rondon – Estância Sofia até Anhumas – 9h às 17h

Posto fixo – Anhumas – 9h às 10h

Posto móvel – Região de Anhumas até Santa Cruz da Serra – 10h30 às 17h

Posto fixo – Santo Antônio de Sorocaba (em frente à igreja) – 9h às 10h

 

23 de setembro

Posto móvel – Rodovia Gastão Dal Farra – 9h às 16h

Posto móvel – Bairro Demétria (sentido Rodovia João Bruder) – 13h às 16h30

Posto fixo – Bairro Demétria (no Quiosque da Central da Segurança) – 9h às 16h30

Posto fixo – Demétria (Bairro Roseira e Verbena/Capela São Francisco) – 13h às 16h30

Posto móvel – Colônia Santa Maria – 9h às 16h30

Posto móvel – Estrada Véu da Noiva, Fazenda Três Sinos e Fazenda São José – 9h às 15h

Posto móvel – Rodovia Castelinho e Eduardo Zucari (até a Fazenda Morrinhos) – 9h às 16h30

Posto móvel – Estrada Vicinal – Hernani Pardini (Estação de Captação da Sabesp) – 9h às 10h30

 

26 de setembro

Posto móvel – Rodovia João Bruder – 9h às 17h

Posto móvel – Rodovia Pedro Bosco (Botucatu-Pardinho) – 9h às 17h

 

Postos permanentes (em setembro)

Vigilância Ambiental [Secretaria de Saúde]

Rua Major Matheus, 7 – Vila dos Lavradores

Dia 24 de setembro – 8h às 13h

 

Posto Permanente (durante o ano todo)

Canil Municipal

Av. Itália, s/nº – Lavapés

Segunda a Sexta – 7h30 às 16h30