Vacinação contra a Influenza começa na segunda-feira em Botucatu

Neste ano de 2021, será realizada a 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, no período de 12 de abril a 09 de julho de 2021. Em Botucatu, estima-se que 59.840 pessoas sejam imunizadas. A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um dos grupos prioritários contra influenza.

Neste período, serão vacinados:
• De 12/04 a 10/05: Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), Gestantes, Puérperas (até 45 dias após o parto), Povos indígenas e Trabalhadores da saúde;

•De 11/05 a 08/06: Indivíduos com 60 anos ou mais de idade, Professores das escolas públicas e privadas;

• De 09/06 a 09/07: Pessoas portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, Pessoas portadoras de deficiência permanente, Forças de segurança e salvamento, forças armadas, Caminhoneiros, Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, Funcionários do sistema prisional, Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Além de prevenir quadros mais graves da gripe, a imunização minimiza o impacto sobre os serviços de saúde e auxilia na exclusão de diagnósticos em virtude da nova doença Covid-19.

Pessoas com doenças agudas febris moderadas ou graves são orientadas a adiar a vacinação até a resolução do quadro, com o intuito de não se atribuir à vacina as manifestações da doença.

A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores e deve ser administrada com cautela em pessoas com alergia severa à proteína do ovo, bem como a qualquer componente da vacina.

A vacina contra a Influenza não previne a população do contágio da Covid-19.
Durante o período de vacinação, todas as Unidades de Saúde do Município funcionarão de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Influenza
A influenza é uma doença respiratória infecciosa aguda de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais, podendo também causar pandemias.

A transmissão ocorre principalmente de pessoa para pessoa, por meio de gotículas respiratórias produzidas por tosse, espirros ou fala de uma pessoa infectada para uma pessoa suscetível. A transmissão por aerossol, também pode ocorrer.

A doença tem início, em geral, com febre alta, seguida de dor muscular, dor de garganta, dor de cabeça, coriza e tosse. Alguns casos apresentam complicações graves, como pneumonia, necessitando de internação hospitalar, quadro que também pode ser desenvolvido com a Covid-19, além de outras viroses respiratórias.

Enfatiza-se a importância desta vacinação com objetivo de reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza.

Mais informações:
Secretaria Municipal da Saúde
Rua Major Matheus, 07, Vila dos Lavradores
Telefone: (14) 3811-1100