Vacinação contra a gripe em Botucatu terá drive-thru nos dias 20, 21, 22 e 23

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza continua em Botucatu. Por enquanto, apenas 65,2% do público alvo se imunizou, quando a meta é que 90% receba a dose da vacina contra a gripe.

Pensando em aumentar esse índice, a Secretaria Municipal de Saúde realizará a vacinação em formato de drive-thru, no Largo da Catedral, nos dias 20, 21, 22 e 23 de maio, das 8 às 13 horas.

A campanha vacinará os seguintes grupos:

Idosos com mais de 60 anos; profissionais de saúde; profissionais das forças de segurança e salvamento; pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; funcionários do Sistema Prisional; caminhoneiros, profissionais de transporte coletivo (motoristas e cobradores) e portuários; profissionais que atuam nos cemitérios (funcionários das funerárias, neste momento, não estão incluídos); povos indígenas; crianças de seis meses a menores de seis anos de idade; pessoas com deficiência; gestantes e puérperas com até 45 dias após o parto; adultos de 55 a 59 anos de idade; e professores e profissionais das escolas públicas e privadas.

“O formato de drive-thru busca aumentar esse índice de imunização dos grupos prioritários, mas sempre considerando a necessidade de se manter o isolamento social recomendado contra o coronavírus. Já tivemos sucesso nas outras vezes que fizemos a vacinação neste formato e creio que dessa vez não será diferente”, afirma André Spadaro, Secretário Municipal de Saúde.

No formato drive-thru da vacinação não serão vacinadas as crianças. Os pais e responsáveis deverão procurar as Unidades de Saúde do Município durante a semana, das 8 às 17 horas, a Sala de Vacina Noturna, no Centro de Saúde Escola da Vila dos Lavradores, das 18 às 22 horas, ou as unidades de saúde no sábado, 23, quando haverá o dia “D” de vacinação contra a Influenza, das 8 às 13 horas.

A Secretaria de Saúde orienta que os veículos cheguem com os vidros abertos e que os condutores sigam estritamente as orientações dos profissionais de saúde. Não é recomendado que pessoas se dirijam ao drive na Catedral a pé, para evitar aglomerações e acidentes.

Aqueles que desejarem ser vacinados devem portar um documento com foto no momento do atendimento, nos casos em que for necessária comprovação da idade.  Para os professores e profissionais da Educação, será necessária a apresentação de documento que comprove a situação profissional, como por exemplo o crachá ou holerite.

Ônibus, peruas, vans e outros veículos que se diferenciem de veículos de passeio não terão passagem permitida.

Quais são as doenças crônicas?

Estão inclusos no grupo dos portadores de doenças crônicas, com indicação da vacina influenza sazonal, os portadores de: doenças respiratórias crônicas (asma moderada ou grave, fibrose cística, entre outras); doenças cardíacas crônicas (doença cardíaca congênita, hipertensos, doença cardíaca isquêmica, insuficiência cardíaca); hipertensos; doenças renais crônicas (inclusive pacientes submetidos à diálise); portadores de doenças hepáticas (atresia biliar, hepatites crônicas, cirrose); doenças neurológicas crônicas (pacientes com AVC prévio, paralisia cerebral, esclerose múltipla, doenças hereditárias e degenerativas e condições similares, com necessidades clínicas especiais); diabetes (diabetes mellitus tipo 1 e 2 em uso de medicamentos); imunossupressão (imunodeficiências congênitas, adquiridas ou induzidas por medicamentos); obesos (obesidade grau 3); transplantados (órgãos sólidos, medula óssea); portadores de trissomias (síndrome de Down, síndrome de Klinefelter, síndrome de Wakany, dentre outras).

As pessoas com doenças crônicas terão acesso à vacinação contra a Influenza nessa Campanha de 2020, mediante as seguintes comprovações:

 – prescrição médica;

– receita atualizada de medicamento;

– anotação em prontuário das unidades de saúde;

– cadastro em programas de controle de doenças crônicas;

– comprovante de vacinação para influenza em anos anteriores;

– caderneta de vacinação com registro da vacina de influenza em anos anteriores.

Mais informações:

Secretaria Municipal de Saúde

Rua Major Matheus, 7, Vila dos Lavradores

Telefone: (14) 3811-1100