Saúde está atualizando cadastro de usuários do SUS


A Secretaria Municipal de Saúde de Botucatu está seguindo a orientação do Ministério da Saúde e realizando o recadastramento dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com o Governo Federal, a medida faz parte do Programa Previne Brasil, que visa melhorar a gestão dos recursos para todo o País.

 Assim, os moradores de Botucatu devem fazer o recadastramento no SUS, em qualquer das Unidades de Saúde do Município, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, ou nos Pronto Atendimentos Noturnos das 18 às 22 horas.

 No ato do recadastramento, o munícipe precisa apresentar o CPF, os originais do documento de identificação com foto (RG, CNH ou passaporte), da certidão de nascimento (no caso das crianças) ou de casamento, o número do Cartão SUS (se tiver) e o comprovante de residência atual (no nome do responsável pela residência). Uma só pessoa pode fazer o cadastro de toda a família.

 Os profissionais estarão nas Salas de Espera das Unidades de Saúde devidamente identificados com crachá e coletarão os dados de cada membro da família.

 Toda a população deve fazer este cadastro, inclusive quem já tem a carteirinha SUS ou quem utiliza serviços privados de saúde (planos de saúde).

 A iniciativa tem como objetivo atualizar e ampliar o cadastro dos usuários. O vínculo do cidadão à Equipe de Saúde mais próxima de sua residência permite o planejamento da oferta de serviços no Município e o acompanhamento adequado de cada paciente, além dos atendimentos na rede de Urgência e Emergência e ainda em serviços hospitalares especializados como Centros de Hemodiálise, Unidades de Terapia Intensiva, Hemocentros, etc.

 “A atenção primária é a porta de entrada do SUS. Neste nível de atenção é possível resolver até 80% dos problemas de saúde das pessoas. O serviço de saúde precisa saber quem são as pessoas para cuidar da prevenção e promoção da saúde, fazer o controle de doenças, melhorar a prescrição dos medicamentos e tratamentos, reduzir internações de emergência, dentre outras ações”, explica o Secretário de Saúde, André Spadaro.

 Repasse de verbas

 O recadastramento é fundamental para que ocorra o repasse de verbas da União, condição constante do Programa Previne Brasil e que estabelece um novo modelo de financiamento de custeio da Atenção Primária à Saúde no âmbito do SUS.

 Um dos novos critérios de financiamento do Governo aos municípios leva em consideração o número de pessoas cadastradas nos serviços de Saúde para definir o valor de recursos a ser repassado às secretarias de saúde municipais. Ou seja, quanto mais pacientes acompanhados, mais recursos para os municípios. O objetivo é incluir mais de 50 milhões de brasileiros no SUS, com acompanhamento regular da saúde.

 Atualmente, cerca de 90 milhões de pessoas estão cadastradas nos serviços da Atenção Primária. A meta, a partir do cadastramento da população, é chegar a cerca de 140 milhões de pacientes vinculados a uma equipe de saúde e, assim, aumentar o número de pessoas acompanhadas, principalmente aquelas que recebem benefícios sociais, crianças e idosos.

 A Secretaria Municipal de Saúde, portanto, solicita a colaboração da população botucatuense para que o recadastramento seja efetuado o quanto antes.

 Mais informações:

Secretaria Municipal de Saúde

Rua Major Matheus, 07 – Vila dos Lavradores

Telefone: (14) 3811-1100