Saúde convoca adolescentes de 16 e 17 anos com comorbidades, deficiência, gestantes e puérperas para vacina contra covid-19

Saúde convoca adolescentes de 16 e 17 anos com comorbidades, deficiência, gestantes e puérperas para vacina contra covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde convoca adolescentes de 16 e 17 anos, moradores de Botucatu, para a vacinação contra a Covid-19, nas seguintes condições:

– com comorbidades;

– deficiência permanente;

– gestantes e puérperas.

A partir desta quarta-feira, 18, os cidadãos devem procurar o Espaço Saúde, localizado na Avenida Santana, 323, ao lado do SAMU 192, das 8 às 17 horas.

A vacinação de menores de 18 anos ocorrerá no Estado de São Paulo com a utilização da vacina Pfizer, de modo que a vacinação deste grupo está condicionada a autorização pelos pais e/ou responsáveis legais.

Pessoas nesta faixa etária devem estar acompanhadas de um adulto responsável, podendo este proceder com a autorização verbal para o ato de vacinação.

Caso não haja a presença de um adulto responsável, a vacinação poderá ocorrer diante da apresentação de termo de assentimento devidamente preenchido e assinado pelos pais e/ou responsáveis legais, em acordo com o disposto no art.142 do Estatuto da Criança e do Adolescente, o qual recomenda-se que seja retido pelo serviço de saúde que procederá com a vacinação.

O termo de assentimento já está disponível no site da Prefeitura de Botucatu (https://www.botucatu.sp.gov.br/arquivos/termo_de_assentimento_livre_e_esclarecido_-_representante_le_17093325.pdf ).

Também será necessária a apresentação de um comprovante de endereço dos pais ou responsável legal.

São consideradas comorbidades as seguintes situações, de acordo com deliberação do Governo do Estado:

Diabetes Mellitus, Pneumopatias Crônicas Graves, Hipertensão Arterial, Insuficiência Cardíaca, Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar, Cardiopatia hipertensiva, Síndromes coronarianas, Valvopatias, Miocardiopatias e Pericardiopatias, Doenças da Aorta, dos grandes vasos e Fístulas Arteriovenosas, Arritimias cardíacas, Cardiopatias congênita, Próteses valvares, Doenças neurológicas crônicas, Doença renal crônica, Imunocomprometimento, Hemoglobinopatias graves, Obesidade mórbida, Síndrome de Down e Cirrose Hepática.

Os pacientes que possuem algum tipo de comorbidade devem, no ato da vacinação, apresentar uma declaração médica com CID (Classificação Internacional de Doenças), assinatura e carimbo médico com número do CRM (Conselho Regional de Medicina).

Serão considerados pacientes com deficiência permanente grave aqueles que possuírem limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escadas; grande dificuldade ou incapacidade de ouvir e enxergar; alguma deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, como trabalhar, ir à escola, brincar, etc.

Os indivíduos pertencentes ao grupo de pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) deverão comprovar serem beneficiários para a vacinação.

Aos que não estão cadastrados no BPC, deverão apresentar como documentos comprobatórios para a vacinação: laudo médico que indique a deficiência; comprovação de atendimento em Centro de Reabilitação ou unidade especializada; documento oficial com indicação da deficiência; cartões de gratuidade do transporte público; ou autodeclaração (na ausência de outro tipo de documento).

Todas as pessoas pertencentes a esses grupos devem comparecer ao Espaço Saúde portando também CPF e um documento de identificação com foto (RG, CNH ou passaporte).

Mais informações:

Secretaria Municipal de Saúde

Rua Major Matheus, 07, Vila dos Lavradores

Telefone: (14) 3811-1100