SAMU Botucatu recebe doação de oxímetro do projeto “Calorias que Somam”

Saúde
SAMU Botucatu recebe doação de oxímetro do projeto “Calorias que Somam” 03 julho 2022

Pedalar mais de 500km, acumulando 10.500 metros de subidas, é algo que só de pensar já tira o fôlego de muita gente. Mas para os amigos Raphael Martignoni e Clarita Balestrin a paixão pela atividade física e solidariedade, aliadas à fé, são combustíveis para fazer o bem ao próximo. Neste caso, aos pacientes atendidos pelo SAMU 192 de Botucatu.

 O serviço de urgência e emergência, sob gestão da O.S.S Pirangi em parceria com o Poder Público Municipal, acaba de receber um oxímetro do projeto “Calorias que Somam”, um desafio de solidariedade realizado por Raphael e Clarita. Durante cinco dias do mês de abril passado, a dupla percorreu o trajeto que liga os santuários de Nossa Senhora Aparecida de São Manuel até a Basílica de Aparecida do Norte.

 Com apoio de patrocinadores e voluntários, o projeto busca arrecadar dinheiro para compra de materiais, alimentos ou outros produtos que a entidade beneficiada esteja necessitando. A realização deste desafio até Aparecida proporcionou a arrecadação de quase R$ 40 mil. Parte foi destinada ao setor de Hematologia Pediátrica da Faculdade de Medicina de Botucatu e a outra para a compra do oxímetro ao SAMU.

 “Esta relação com a oncologia se faz presente, pois há 1 ano eu tratei de um câncer de mama. E para nossa felicidade, a arrecadação superou as expectativas. A doação ao SAMU surgiu da solicitação de uma médica amiga, que sinalizou a necessidade do aparelho. Então, fizemos contato com a Enfª Priscila, que nos orientou na compra do aparelho”, explica Clarita.

 “Para nós foi uma alegria muito grande ampliar a rede de doação e conseguir chegar também até o SAMU que é uma referência de atenção, presteza e cuidado com todos os cidadãos botucatuenses. Não temos a dimensão de quantas pessoas poderão ser atingidas. O que sabemos é que, a cada ação, nos sentimos mais leves e motivados a seguir com esse projeto”, complementa Martignoni.

 “O oxímetro é um equipamento que mede a frequência cardíaca e a saturação de oxigênio no organismo do paciente e utilizado em todos os nossos atendimentos. Poderá ser utilizado tanto a pacientes neonatais e pediátricos como adultos. Ações voluntárias como da Clarita e do Raphael fazem toda a diferença para continuarmos a manter e melhorar ainda nossos serviços ao bem estar da comunidade”, agradece a Enfª Priscila SAMU Masquetto Vieira de Almeida, coordenadora do SAMU Botucatu.

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento