Sabesp instala 12 lavatórios na região para ajudar a evitar a propagação do coronavírus

A empresa também colabora com a higienização de áreas públicas e a distribuição de caixas de água

A Sabesp iniciou, nesta semana, a instalação de lavatórios para colaborar com a higienização das mãos das pessoas que precisam sair de casa durante a pandemia do coronavírus. Nesta sexta feira (24), cinco dispositivos estarão em operação: três em Botucatu – no Pronto Socorro Adulto, na região central da cidade, um no Pronto Socorro Infantil, próximo ao Hospital do Sorocabano e outro no Pronto Socorro do Hospital das Clínicas da Unesp, no distrito de Rubião Júnior; um na Casa de Apoio aos Irmãos de Rua, em Tatuí; além de outro no calçadão municipal da Rua São Paulo, na cidade de Conchas. Até a próxima semana, outros sete lavatórios devem ser inaugurados: em São Roque (2), Piedade (1), Capela do Alto (1), Laranjal Paulista (1) e Boituva (2).

A ação é realizada em parceria com as prefeituras e entidades assistenciais não governamentais, que ficam responsáveis pela reposição de sabão e pela manutenção dos equipamentos.

A empresa ainda colabora com a higienização de áreas públicas em 29 cidades da região. Por meio das parcerias, a Sabesp fornece aos municípios água com uma maior concentração de cloro, específica para limpeza. A ação tem como finalidade garantir mais eficiência ao processo de higienização e, assim, ajudar a evitar a propagação do coronavírus.

As áreas higienizadas incluem o entorno de hospitais e postos de saúde, além de terminais rodoviários e locais que irão abrigar pessoas em situação de rua e hospitais de campanha. A ação é realizada em Anhembi, Águas de São Pedro, Agudos, Alumínio, Araçariguama, Arealva, Areiópolis, Bocaina, Bofete, Boituva, Botucatu, Cesário Lange, Charqueada, Conchas, Iperó, Itatinga, Laranjal Paulista, Pardinho, Pederneiras, Pereiras, Piedade, Pratânia, Salto de Pirapora, Santa Maria da Serra, São Manuel, São Roque, Tatuí, Torre de Pedra e Torrinha. A iniciativa continua sendo implementada e, nos próximos dias, deverá envolver também outros municípios da região atendidos pela Sabesp.

A exemplo do que acontece na região metropolitana de São Paulo, onde a Sabesp já distribuiu mais de 3.200 caixas-d’água, também nas cidades do interior do Estado a empresa vai entregar caixas para moradores que estejam sem reservação interna e não tenham condições de comprar. Na região do Médio Tietê, está programada a instalação de 100 caixas-d’água no município de Iperó. Dessa forma, a empresa vai beneficiar ao todo no Estado mais de 4.500 famílias com a doação de reservatórios, uma ação que visa a prevenir que as pessoas fiquem sem água em momentos em que sejam necessários reparos emergenciais ou manutenções preventivas na rede de abastecimento.

Outras medidas

A Companhia também já anunciou a isenção do pagamento das contas de água e esgoto para os clientes das categorias de uso Residencial Social e Residencial Favela, como forma de auxiliar a população neste momento de dificuldade por causa da pandemia. Aproximadamente 2 milhões de pessoas no Estado serão atendidas pela medida, que vai valer por três meses (abril, maio e junho) para contas emitidas a partir de 1/4.

Para evitar aglomerações e deslocamentos, desde o dia 23/3 as agências de atendimento ao público estão fechadas. Por causa disso, a Sabesp ampliou os serviços disponíveis pela central de atendimento telefônico (0800 055 0195). O atendimento é gratuito e funciona 24 horas. A Companhia também incentiva o uso dos canais virtuais de atendimento pela Agência Virtual (no site [www.sabesp.com.br) ou pelo App Sabesp Mobile, disponível nas plataformas iOS e Android.

As áreas operacionais continuam trabalhando para garantir o pleno funcionamento dos sistemas de água e esgoto para a população.