Primeira paciente confirmada com COVID-19 em Botucatu recebe alta no HCFMB

Emoção no HC em Botucatu

Alívio e emoção. Estas duas palavras definiram hoje os sentimentos de Maria Aparecida Teixeira, 62, a primeira confirmada com COVID-19 da cidade de Botucatu, e que teve alta na manhã de hoje do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB).

Depois de uma dura, porém vitoriosa batalha contra a doença, a paciente recebeu uma homenagem preparada pelos profissionais da saúde HCFMB antes de deixar a unidade.

Maria Aparecida estava internada no HC desde o dia 23 de março, após identificar os primeiros sintomas, que apareceram depois de uma viagem que ela realizou a São Paulo. Desde a confirmação do diagnóstico de COVID-19, seu quadro se agravou, e ela chegou a passar cerca 15 dias na UTI, sob ventilação mecânica.

“Agradeço a Deus e a vocês por estar viva, e por saber que ainda tenho uma missão a cumprir. A competência dos profissionais e a vontade de Deus me deram a oportunidade de estar aqui hoje dizendo isso a todos vocês. Hoje, sou a esperança de muitas pessoas. Obrigada”, disse a paciente.

O médico infectologista Dr. Alexandre Barbosa afirmou que Maria está curada, mas ainda continuará o tratamento e o distanciamento social. “Hoje é um  dia histórico para nós e para o HC. Estamos muito felizes com a recuperação da Maria, mas não podemos deixar de ressaltar a importância de ficar em casa neste momento, principalmente os idosos”.

Na saída, Maria Aparecida olhou para o dia lindo, de céu azul, que fazia nesta manhã e recebeu o abraço carinhoso da filha, que a levaria para casa. Um dia perfeito para renovar a vida.

*divulgação autorizada pela paciente Maria Aparecida Teixeira

Assessoria HCFMB