Prefeitura contrata 150 diárias de UTI e 150 de enfermaria com a Unimed para tratamento de Covid-19 em Botucatu 

A Prefeitura de Botucatu assinou nesta sexta-feira, 15, a contratação de 150 diárias de UTI e 150 diária de enfermaria mensais para tratamento exclusivo de pacientes com coronavírus em Botucatu junto à Unimed.

Em caso extremo de indisponibilidade de leitos no HC, munícipes de Botucatu serão atendidos pela rede privada. Considerando o tempo médio de ocupação de leitos dos casos mais graves de coronavírus, que é de 2 semanas, essa nova ação aumenta a capacidade do atendimento em até 10 pacientes graves por mês.

O valor da diária de um leito UTI com equipe médica, estrutura e respirador pode variar, mas em média é R$ 2.100. O montante só será pago em caso de uso, segundo o Prefeito de Botucatu.

“A Prefeitura só irá desembolsar qualquer custeio se realmente for necessário utilizar este serviço, que também pode ser expandido em 50%”, disse Mário Pardini.

Prefeitura e HC também tentam junto com o governo do estado recursos para a ampliação de leitos no Hospital das Clínicas. Hoje são 16 leitos de UTI, com possibilidade para 14 unidades e já há tratativas com o vice-governador Rodrigo Garcia e o Secretário Estadual de Desenvolvimento Regional Marco Vinholi.

“Agradeço a importante parceria da Unimed através do Dr. Walfrido Oberg, Dr José Teodoro Tonete, Dr. Danilo Viani Jr. , e Dr. Noé De Marchi, o apoio sempre fundamental do Deputado Fernando Cury, e o trabalho incansável de todos os funcionários da Unimed, do Hospital das Clínicas e da Unesp de Botucatu”, colocou Pardini.