Prefeitura anuncia que poderá atender em casa pacientes com gripe

Se antevendo a um possível aumento nos casos de Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus, a Prefeitura de Botucatu, de forma pioneira, montou uma central para atendimento telefônico e domiciliar de cidadãos com um ou vários sintomas da doença. Também, uma equipe de atendimento específico a pacientes com esses sintomas foi montada e atuará no Espaço Saúde.

A medida foi anunciada pelo Prefeito Mário Pardini na manhã desta sexta-feira, 13, quando também foi assinado um decreto instituindo uma Comissão de acompanhamento, controle, prevenção e tratamento do Covid-19.

Participaram do anúncio o Secretário Municipal de Saúde, Dr. André Spadaro, o superintendente do Hospital das Clínicas da Unesp de Botucatu, Dr. André Balbi, e também o infectologista e integrante do Centro de Contingência do Coronavírus criado pelo Governo Federal, Dr. Carlos Magno Fortaleza.

Além do atendimento convencional através de toda a rede municipal de Unidades de Saúde, a Prefeitura atenderá a partir de segunda-feira, 23, as pessoas que tiverem dúvidas sobre seus quadros de saúde via telefone no número (14) 3811-1519. Cinco postos telefônicos estarão mobilizados para atender os pacientes e três equipes de enfermeiros e médicos estarão disponíveis para atendimento domiciliar caso necessário.

“Está com sintomas suspeitos do coronavírus? Ligue no 3811-1519, e nossas equipes filtrarão os casos através de perguntas, podendo desencadear desde orientações pelo próprio telefone, até visita domiciliar e encaminhamento a uma unidade de saúde. Estamos, como fizemos em outras situações, nos antecipando a possíveis epidemias na Cidade”, afirma o Prefeito Mário Pardini.

As equipes domiciliares de profissionais de saúde atuarão de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Todos os protocolos de atendimentos orientados pela Organização Mundial de Saúde e pelo Ministério de Saúde serão seguidos pelas equipes da Prefeitura.

Aos finais de semana e feriados, um médico e enfermeiros atenderão também pacientes no Espaço Saúde (Avenida Santana, 353 – Centro) das 7 às 19.

Até o momento, Botucatu possui dois casos suspeitos da Covid-19, três descartados e nenhum confirmado, após exames realizados pelo Instituto Adolfo Lutz.

“A população não deve criar pânico. Essa é uma medida de prevenção. Não queremos que, ao sentir os sintomas, o paciente vá inicialmente ao pronto socorro, pois lá pode contaminar outras pessoas, ou quem sabe, ser contaminado. Nossas equipes estarão atentas para tomar as medidas necessárias de acordo com cada caso”, finaliza André Spadaro, Secretário Municipal de Saúde.