Pandemia e os quilos a mais: veja dicas de como perdê-los sem sofrimento

A nutricionista de Botucatu Ana Teresa Loyola Martins ensina como começar uma alimentação saudável

Há quase um ano e meio a população mundial teve que mudar seus hábitos radicalmente para se adaptar a uma vida isolada, por causa da transmissão do então novo coronavírus. Durante o período de isolamento social, ficar em casa trouxe à tona questões que antes não eram problemas. A disponibilidade de comida o tempo todo é uma delas. E ficar em casa, sem poder sair, fez com que as pessoas ficassem mais ansiosas, e com isso, buscassem a fuga mais imediata de prazer possível: a comida!

Segundo a nutricionista Ana Teresa Loyola Martins, cada dia mais, surgem pessoas no consultório com a seguinte queixa: “desde que a pandemia começou, eu comecei a ganhar peso, e não estou conseguindo perder”.

“Muitos tentam fazer dietas restritivas, jejum e outras estratégias de emagrecimento que veem nas mídias sociais. Porém, cada pessoa tem um organismo único, com demandas nutricionais particulares e hábitos alimentares próprios, e portanto, o processo de perda de peso para cada um é diferente. A dieta que funciona para uma pessoa não vai necessariamente funcionar para outra”, disse Ana Teresa.

A boa notícia é que com a orientação correta, é possível sanar essa questão sem fazer dietas restritivas. “Com a metodologia que aplico no consultório, traço estratégias em comum acordo com o paciente, pensando na sua individualidade, rotina, gostos, dificuldades e necessidades. Ao invés de prescrever o que ele pode ou não comer, eu monto com ele um plano alimentar que se encaixe na sua vida e oriento em relação a quantidades e a modos de preparo dos alimentos, mas sem terrorismo nutricional”, disse. Segundo ela, não existem alimentos proibidos e tudo depende de quantidades e frequência.

Veja algumas dicas da nutricionista para começar a se livrar dos quilos a mais

1) Descasque mais e desembale menos! Tenha como base da sua alimentação alimentos NATURAIS, como frutas, verduras, legumes e grãos;
2) Use o menos possível de óleo, açúcar e sal nos seus preparos;
3) Tenha algum exercício físico na sua rotina, pelo menos 3 vezes na semana;
4) Planeje sua semana! Fazer as compras no sábado ou domingo te ajuda a ter mais controle do que vai comer de segunda a sexta;
5) Se tiver dificuldades em colocar isso em prática, procure uma nutricionista

Emagrecimento é um processo, não um evento! E se você ganhou peso durante o isolamento social, saiba que isso aconteceu com muitas pessoas, e se você quiser mudar isso, não é necessário abdicar do que adora comer. “Só precisa de ajuda no processo para ter um direcionamento”, finalizou.