Palestra no HCFMB conscientizará sobre doença de Pompe

Na última quinta-feira, 28, foi lembrado o Dia Nacional de Conscientização da Doença de Pompe, e o Brasil foi o primeiro país a marcar um dia específico para a conscientização.

Segundo a Organização de Apoio a Portadores de Distrofia (OAPD), a doença de Pompe acomete o tecido muscular, comprometendo os músculos esqueléticos e, com o acúmulo de glicogênio em uma estrutura intracelular chamada lisossomo, acarreta fraqueza muscular, deterioração da função respiratória e morte prematura.

Quanto mais cedo a doença for diagnosticada, mais rápido será possível intervir e ajudar os pacientes. No entanto, como é uma doença incomum, seus sintomas não são bem reconhecidos e podem ser confundidos com os de outras doenças, o que normalmente adia o diagnóstico.

Por isso, para informar a população sobre a doença e capacitar os profissionais de saúde a reconhecer seus principais sinais clínicos, a Superintendência do HCFMB, através do Núcleo de Eventos Científicos do Departamento de Gestão de Atividades Acadêmicas (DGAA), convida a comunidade para participar de uma palestra sobre o tema no dia 4 de julho, às 18h, no Salão Nobre da FMB, ministrada pelo médico geneticista Dr. Charles Marques Lourenço, do Setor de Neurogenética do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Este evento também tem o apoio da Academia Brasileira de Neurologia, da Sociedade Brasileira de Genética Médica e Genômica (SBGM) e de empresas parceiras.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia do evento clicando aqui!

Núcleo de Comunicação, Imprensa e Marketing HCFMB, com informações do DGAA