Oncologia Pediátrica do HC de Botucatu: vale ver a vida com olhos de criança

Saúde
Oncologia Pediátrica do HC de Botucatu: vale ver a vida com olhos de criança 24 outubro 2021

Crianças e adolescentes em tratamento do câncer são super heróis que, com muita força de vontade, vivem todos os dias na esperança de um futuro melhor.

A luta contra o câncer causa muitos desgastes, sejam físicos ou emocionais – e na infância, isso fica mais evidente. É fundamental que a criança tenha apoio para compreender o momento que está vivendo, para enfrentar a doença com muita força e confiança.

Segundo a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE), cerca de nove mil casos novos de câncer infantojuvenil são registrados por ano no Brasil. A doença já representa a segunda causa de mortalidade proporcional entre crianças e adolescentes de 01 a 19 anos.  Por outro lado, as chances de cura e da expectativa de vida nas últimas décadas evoluíram consideravelmente, graças às novas abordagens de diagnóstico e tratamentos.

Oncologia Pediátrica do HCFMB

A Oncologia Pediátrica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) iniciou suas atividades em 2007. Atualmente, o serviço segue em constante expansão, mantendo assistência humanizada e de qualidade aos pacientes de toda a região da DRS VI Bauru, que abrange cerca de dois milhões de pessoas.

Nos últimos cinco anos, foram realizadas cerca de sete mil consultas, aproximadamente quatro mil sessões quimioterápicas e 315 casos novos foram inseridos no serviço.

O HCFMB oferece tratamento quimioterápico com medicamentos de última geração. A estrutura conta com várias especialidades clínicas e cirúrgicas fundamentais para tratamento dos pequenos pacientes oncológicos. A equipe multiprofissional é essencial no processo: oncologistas, hematologistas, enfermeiros especializados, fisioterapeutas, nutricionistas, farmacêuticos, psicólogos, dentistas e assistentes sociais.

A médica oncologista do HCFMB, Dr.ª Manuella Pacifico de Freitas Segredo, ressalta a importância do diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil. “Não existem medidas efetivas de prevenção primária para impedir o desenvolvimento do câncer pediátrico. É preciso estar atento aos sinais e sintomas mais frequentes do câncer infantil para o aumento da taxa de cura”, explica.

Serviço de Oncologia do HCFMB

Desde a década de 80, o setor é responsável por toda assistência ao paciente oncológico do HCFMB, envolvendo desde o tratamento básico, cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico até procedimentos mais avançados, incluindo o transplante de medula óssea. O serviço tem a humanização como base do tratamento, para que tanto a família quanto o paciente sinta-se se mais confortável durante o processo.

Atualmente, o Serviço de Oncologia realiza cerca de 1.500 consultas por mês. Nos últimos cinco anos, a assistência contabilizou quatro mil casos novos, cerca de 85 mil consultas e o mesmo número em sessões de quimioterapia.

“Ao longo dos últimos anos, o serviço cresceu muito e isso nos orgulha. O aumento do número de profissionais envolvidos no cuidado ao paciente, a capacitação do corpo médico e de enfermagem, melhorias estruturais e de rotina assistencial têm possibilitado uma maior capacidade de absorção dos casos, resultando em aumento anual do número de atendimentos e das sessões de quimioterapia realizadas”, explica o Coordenador Médico do Serviço de Oncologia Clínica do HCFMB, Dr. Rafael Gaiolla.

Vivian Abilio/Assessoria do HCFMB

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
FREIRE MOTOS
Oferecimento

Veja também

Oferecimento
VISTORI
SHOPPING INSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL ELO
EXAME TOXICOLOGICO