Novos chefes do Departamento de Cirurgia e Ortopedia tomam posse na FMB

 

Foto: Tadeu Carvalho

O dia 20 de julho foi escolhido para a solenidade de posse dos novos chefes do Departamento de Cirurgia e Ortopedia da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB). Os professores Aristides Augusto Palhares Neto e Rogério Saad Hossne assumiram a chefia e vice-chefia, respectivamente. O mandato é de dois anos (28 de junho de 2017 a 27 de junho de 2019).

Discursos – “Sempre comungamos de alguns ideais. Muitas das coisas que nós planejamos no passado aconteceram, outras ainda não perdemos a esperança que aconteçam”, disse o diretor da FMB, professor Pasqual Barretti, referindo-se a antiga relação harmoniosa que mantém com o Departamento de Cirurgia e Ortopedia. O dirigente ressaltou em seu discurso que está otimista em relação a superação do difícil momento econômico pelo qual passam a Universidade (Unesp), o município de Botucatu e o Estado de São Paulo. O docente complementou desejando uma “excelente gestão” a nova chefia da área, agradecendo a chefe cessante, professora Érika Veruska Paiva Ortolan, e os outros parceiros do Departamento.

Participou da solenidade de posse a professora Érika Veruska Paiva Ortolan, chefe cessante, que agradeceu o apoio recebido durante o período em que esteve à frente do Departamento. Ela disse que a área apresenta-se como “um exemplo de democracia”. “Numa sequência de dois mandatos, temos chefes sucessivos das menores especialidades em número de docentes”, afirmou. A docente disse em seu discurso que, no tempo em que exerceu a função de chefe, “todas as decisões foram optadas para atingir o maior número de professores possíveis”. E finalizou destacando a importância dos novos chefes para o Departamento de Cirurgia e Ortopedia.

Lembrando o início de sua trajetória acadêmica e o amadurecimento que conquistou com o tempo, o novo chefe, professor Aristides Augusto Palhares Neto, disse que espera “estar à disposição” para ouvir o Departamento e representá-lo “com a maior qualidade possível”. “A Universidade tem novos rumos, tem um novo ar, tem uma nova forma de encarar seu papel na sociedade e, dentro desse movimento, a Faculdade de Medicina também tem essa mesma energia”, afirmou. Professor Aristides complementou dizendo que acredita que o maior desafio será a alteração do processo de avaliação. “Essa modificação não vai acontecer já, mas acontecerá no médio prazo e o Departamento terá de estar preparado pra ela”.

O novo vice-chefe, professor Rogério Saad Hossne, disse que em outras oportunidades trabalhou com o professor Aristides e a amizade e o respeito entre eles consolidará mais uma parceria de conquistas. “Nossa ideia é agregar ainda mais o Departamento”, frisou. Para ele, o quadro qualificado de funcionários e docentes permitirá um trabalho conjunto entre os envolvidos da área. “Temos que colocar todos na mesma vertente para trabalharmos juntos”, finalizou.

Representantes do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) – professor José Carlos Souza Trindade Filho, chefe de gabinete – e da Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp) – professor Trajano Sardenberg, vice-presidente, – participaram da solenidade de posse e deixaram suas mensagens de incentivo e encorajamento aos novos chefes. Os votos de boa gestão também foram dirigidos por outros professores e servidores técnico-administrativos que prestigiaram a cerimônia.

Sobre o Departamento – O Departamento de Cirurgia foi criado em 1965. Em 1977, foi reestruturado, abrangendo as áreas de cirurgia cardiovascular e pulmonar, cirurgia geral e gastroenterologia e ortopedia e traumatologia, passando a ter a denominação de Departamento de Cirurgia e Ortopedia. Posteriormente, foram criadas as áreas de cirurgia plástica e cirurgia pediátrica.