NATS do HCFMB e Ministério da Saúde fortalecem pesquisa e tecnologia em prol do paciente

O Núcleo de Avaliação de Tecnologias em Saúde (NATS) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) foi um dos dez núcleos selecionados em todo o Brasil para iniciar uma relação de parceria com o Ministério da Saúde, que foi viabilizada por intermédio de um convênio firmado entre Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e Fundunesp.

A iniciativa permitirá o fortalecimento de pesquisas e tecnologia em benefício dos pacientes. O Ministério da Saúde repassará algumas demandas aos núcleos selecionados parceiros para o desenvolvimento de estudos de interesse do órgão. Entre os repasses, incluem-se projetos envolvendo as seguintes temáticas: elaboração e/ou atualização de Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDTs), parecer técnico-científico, ensaios clínicos, síntese de evidências e revisão sistemática.

“A parceria do NATS do HCFMB com o Ministério é de extrema importância, pois contribuirá, por meio do desenvolvimento de estudos em Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS), para a incorporação de tecnologias baseada em evidência científica, alocação de recursos de forma racional e melhoria da qualidade e segurança na assistência à saúde no âmbito do SUS”, disse a coordenadora do NATS, Professora Silvana A. Molina.

“A equipe do NATS do HCFMB sente-se privilegiada, reconhecida e incentivada em ser um dos seis centros nacionais selecionados pelo Ministério para ser seu parceiro na elaboração de estudos científicos e diretrizes clínicas que visam incorporar tecnologias em saúde para melhoria da assistência aos pacientes do SUS. Para brindar essa parceria, contamos com a Fundação Unesp como interveniente do acordo e iniciamos os trabalhos com a atualização de Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas na área da nefrologia”, pontuou Drª Daniela Ponce, vice-coordenadora do NATS.

“Para nós, enquanto gestores da Fundunesp, é sempre gratificante poder contribuir com projetos como esse que levam o conhecimento gerado dentro da Universidade em benefício da sociedade. Acreditamos que essa parceria, que toca num ponto tão importante como da análise das propostas de novas tecnologias, vai contribuir com a qualidade e a segurança na assistência à saúde no âmbito do SUS. Esse é um projeto com captação de recursos internacionais, uma frente importante que estamos buscando ampliar já neste início de gestão na Fundunesp”, diz Edson Capello, diretor-presidente da Fundunesp.

“Mesmo em crescente desenvolvimento, ainda são poucos os profissionais e instituições aptos a realizar este tipo de avaliação no Brasil. Por isso mesmo, é fundamental que hospitais universitários tenham incentivo nesse processo, tanto na realização de estudos como na formação de profissionais em ATS. É preciso acreditar e investir na ciência, pois deixar de fazer isso, como já vimos, não traz bons resultados”, diz Max José de Araujo Faria Junior, vice-presidente da Fundunesp.

Sobre o NATS do HCFMB

O Núcleo de Avaliação de Tecnologias em Saúde (NATS) foi criado, no HCFMB, em 2009, a partir de um edital de Chamada Pública do Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde (DECIT/MS) para Hospitais de Ensino, em que o Hospital teve sua proposta selecionada para a criação do Núcleo e passou a integrar a Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde (REBRATS).

Integrante do Departamento de Gestão de Atividades Acadêmicas (DGAA), o NATS tem o objetivo de introduzir e disseminar a cultura sobre Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS) na instituição e no âmbito da Secretaria de Estado da Saúde (SES-SP).