Ministério da Saúde destaca queda nos casos de Covid-19 em Botucatu

Novos números apontam queda ainda maior de novos casos em Botucatu

Reportagem no site do Ministério da Saúde dá destaque para redução de casos em Botucatu

O Ministério da Saúde destacou neste sábado, dia 26, em seu site a redução de casos de Covid-19 em Botucatu em mais de 70%. Novos números foram divulgados neste fim de semana mostrando uma tendência de regressão do contágio e internações na cidade.

O Ministério da Saúde é parte integrante do estudo de efetividade com a vacina Oxford/AstraZeneca no município e o próprio Ministro Marcelo Queiroga esteve presente na vacinação em massa no dia 16 de maio, simbolicamente aplicando o primeiro imunizante na oportunidade.

Para Marcelo Queiroga, essas pesquisas são importantes para o acompanhamento do avanço da pandemia no país. “As vacinas Covid-19 são doses de esperança para a população brasileira. A diminuição dos casos com a primeira dose já mostra bons resultados do estudo em Botucatu, que serve de base para o resto do país”, afirmou o Ministro em declaração ao site do Ministério.

O secretário municipal de saúde de Botucatu, André Spadaro, afirmou que a vacinação em massa foi realizada em um período de elevado crescimento da transmissão na cidade. “No entanto, em linha com o cronograma esperado pelos pesquisadores do estudo e dados publicados na literatura científica, após 21 dias da vacinação em massa, a proteção conferida pela primeira dose atinge seu pico e os resultados começam a surgir”, afirmou em reportagem do Ministério da Saúde.

Queda de 71%

Botucatu apresentou ontem os números do fechamento da chamada ‘semana epidemiológica’, apontando 283 novos casos em Botucatu, contra 515 da última semana. Se contarmos o ápice registrado há semanas, quando foram reportados 988 novos casos, a redução chega a 71,3%.

Os números apresentados hoje ficam abaixo dos que foram contabilizados nas últimas 6 semanas em Botucatu. Os dados devem constar na noite de hoje em mais uma edição do boletim coronavírus.

A média semanal ainda inspira cuidados, mas é certo que haverá uma queda ainda mais flagrante nos próximos boletins. Vale lembrar que houve aumento significativo na testagem que a Saúde oferece, o que fez aumentar a estatística. A cidade aplicou aproximadamente 100 mil testes desde o início da pandemia.

Outro dado importante é que houve novamente diminuição no número de pessoas internadas. São quatro unidades em Botucatu que recebem os casos positivos para tratamento (HCFMB, PS Adulto, Hospital do Bairro e Unimed). Durante a semana essa redução chegava a 40% (reportagem aqui).

Hoje são 50 pessoas de Botucatu internadas em enfermaria ou UTI com diagnóstico confirmado para o novo coronavírus. Esse número chegou perto de 100 pacientes na entre maio e o início de junho no município e era de 58 no último sábado, dia 19.

Também houve uma redução de casos em quarentena, ou seja, que se recuperam em casa. Ontem o boletim apontava para 332 pessoas, sendo que há três semanas eram 900 registros.

Foto: Marina Pagno/Ministério da Saúde