Mais de 66 mil pessoas devem receber a segunda dose da vacina no dia 08 de agosto em Botucatu

Expectativa pela segunda dose em Botucatu

Foto Acontece Botucatu

Assim como ocorreu no histórico dia 16 de maio, data em que a cidade de Botucatu foi imunizada contra a Covid, dentro do estudo de efetividade da vacina Oxdord/AstraZeneca, o dia 08 de agosto, um domingo de ‘Dia dos Pais’, será o momento da aplicação da segunda dose, completando desta forma as 12 semanas recomendadas como intervalo entre as aplicações.

O fato foi confirmado pelo Secretário de Saúde do Município, André Spadaro, durante entrevista à Rádio Criativa FM na manhã desta terça-feira, dia 06.

A vacinação em massa será feita em dois dias inicialmente, no domingo 08/08 e no final de semana seguinte, para aqueles que na oportunidade não conseguiram comprovar residência no chamado dia D e se imunizaram nos ginásios Heróis do Araguaia e Paralímpico.

Devem receber a segunda dose no dia 08/08 em todos os colégios eleitorais de Botucatu 66.730 pessoas. Já no fim de semana seguinte são 5,2 mil cidadãos aptos para a imunização nos ginásios de apoio.

Para as demais pessoas que foram vacinadas em datas posteriores, deve ser respeitado o período de 4 semanas, conforme descrito na carteirinha de cada um.

“Importante que pessoa já vá checando onde está a carteirinha com a anotação da primeira dose, vá localizando, pois ela será necessária no dia, vai facilitar. A pessoa não vai mais precisar se cadastrar no site Vacivida, pois já tomou a primeira, já está cadastrada, então isso será muito mais fácil, desde que se apresente também com documento oficial como foto, CPF e a carteirinha que comprove a primeira dose”, disse André Spadaro ao programa Bom Dia Criativa.

Todos no dia 08 de agosto

Atenção para um dado importante: Não haverá vacinação no dia 09/08 (segunda-feira). Todos que foram imunizados no dia 16 de maio, não importando a data que consta na carteirinha, deverão receber a imunização no domingo, 08 de agosto.

“As quatro semanas estarão completas, um dia não fará diferença. Então não haverá o dia 09 para quem recebeu a primeira dose no dia 16 de maio, tudo será feito no dia 08 de agosto”, colocou o Secretário de Saúde.

Colégios eleitorais na vacinação

A logística será basicamente a mesma na grande ação realizada no dia 16 de maio, ou seja, os colégios eleitorais funcionado como pontos de vacinação. Haverá novamente os chamados pontos de apoio durante a imunização da segunda dose.

“Já estamos discutindo isso. Temos uma reunião agendada ainda esta semana com a Justiça Eleitoral, com o Igor (Igor Ignácio – Chefe do Cartório Eleitoral), com o Dr. Bachiega (Marcus Vinícius Bachiega – Juiz Eleitoral), com o Ministério Público também, através do Dr. Paulo Abujamra (Promotor) para justamente a gente fechar esse modelo”, completou Spadaro.

Estudo de efetividade 

A imunização faz parte do estudo de efetividade da vacina Oxford/AstraZeneca. A primeira dose foi aplicada em massa no dia 16 de maio, quando mais de 67 mil pessoas receberam o imunizante em um trabalho histórico que reuniu mais de 2 mil voluntários. No total, semanas após, foram 80 mil adultos vacinado.

A vacinação em massa em Botucatu faz parte do projeto de estudo da vacina produzida pelo laboratório Astrazeneca, Universidade de Oxford e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), elaborado pela parceria entre a Prefeitura, Ministério da Saúde, Governo Federal, Unesp, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, e Fundação Gates. A pesquisa quer mapear o sequenciamento genético do vírus na cidade com as várias cepas circulantes.

Todo o processo teve o acompanhamento e auditoria realizadas pelas Forças de Segurança do Município (Guarda Civil Municipal, Polícia Civil e Polícia Militar), OAB Botucatu, Justiça Eleitoral, Ministério Público e Tribunal de Justiça de São Paulo.

Veja também 

Botucatu registra apenas 9 novos casos de Covid nesta segunda-feira, 05