Levantamento de infectados por coronavírus pode definir relaxamento ou endurecimento de medidas em Botucatu

A Prefeitura de Botucatu dará mais um passo no combate ao coronavírus. Segundo divulgado pelo Prefeito Mário Pardini nesta quarta-feira, 06, através de uma investigação epidemiológica, serão realizados 1,4 mil testes rápidos na população.

São testes sorológicos que ajudarão a fazer um levantamento da situação da epidemia na Cidade. O objetivo é identificar o percentual de moradores que apresentam anticorpo para a doença, o que popularmente conhecemos como “imunidade de rebanho”.

Se este percentual for baixo, significa que muitas pessoas ainda correm risco de se contaminarem com o coronavírus e por isso, será necessário a manutenção de restrições quanto a circulação de pessoas em vias públicas, intensificar necessidade de utilização de máscaras, além de promover o distanciamento social.

“Caso contrário, com uma grande quantidade de pessoas que já possuem esta imunidade, significa que podemos estabelecer medidas de flexibilização”, disse o Prefeito Mário Pardini em parte de seu texto publicado no Facebook.

Esses exames serão realizados em pessoas de forma aleatória, através de sorteio antecipado das casas em diferentes bairros e regiões da cidade, distribuídos por faixa etária e sexo, através de testagem domiciliar realizada por profissionais de saúde.

“Essa é mais uma ação jamais vista em Municípios do Estado e que nos coloca a frente dessa luta contra o coronavírus”, colocou Pardini.