Jornada Brasileira de Queimaduras premia dissertação da FMB/Unesp

 

Natália G. Visoná Baruffi, aluna do Programa de Pós-Graduação (PPG) em Enfermagem (mestrado profissional) da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB) apresentou sua dissertação na X Jornada Brasileira de Queimaduras e recebeu o prêmio de melhor pôster. O evento científico foi realizado entre os dias 1º e 3 de junho, em São Paulo.

O trabalho laureado é assinado por Natália G. Visoná Baruffi (aluna de mestrado), Silvia Justina Papini (docente FMB e orientadora), Silvia Maria Caldeira (docente FMB e coorientadora), José Eduardo Corrente (colaborador, Escritório de Apoio à Pesquisa/FMB).

O projeto intitulado “Impacto da utilização dos Bundles para prevenção de infecções em pacientes queimados” foi desenvolvido em um hospital terciário do interior paulista e reconhecido pela comissão científica da Jornada Brasileira de Queimaduras.

Sobre o projeto 

O objetivo do estudo foi analisar a efetividade do protocolo dos Bundles como ferramenta para prevenção de Infecções Relacionadas à Assistência a Saúde (IRAS) de indivíduos internados em Unidade de Terapia Intensiva de Queimaduras (UTIQ).

A importância do estudo se deve ao fato de que a utilização dos Bundles é um tema recente ligado à segurança do indivíduo. Tratando-se de queimados, são escassos na literatura nacional e internacional trabalhos que mostrem resultados em relação ao uso deste protocolo.

A literatura referente a tratamento de indivíduos queimados é unânime quanto ao risco de infecção e aumento da mortalidade, e que a assistência de enfermagem durante o período de internação é fundamental para a prevenção e diminuição das complicações por IRAS, daí a importância da utilização de um instrumento que contribua para uma diminuição da taxa de infecção.

“Os resultados mostraram que, para esta população, o uso dos Bundles mostrou-se efetivo para prevenção de IRAS”, explicou a professora Silvia Justina Papini, orientadora do trabalho.