HC de Botucatu realiza 100º transplante de medula óssea autólogo

Saúde
HC de Botucatu realiza 100º transplante de medula óssea autólogo 01 junho 2022

O Serviço de Transplante de Medula Óssea (TMO) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) realizou, no mês de maio, o 100º transplante de medula óssea autólogo.

No TMO autólogo, o paciente doa medula para ele mesmo. Assim, não há necessidade de procura de doador compatível. O procedimento está indicado como tratamento de diferentes tipos de tumores associados ao sangue.

No mieloma múltiplo, por exemplo, este tipo de transplante faz parte do tratamento de primeira linha, como consolidação após a quimioterapia; nos linfomas, é principalmente utilizado em casos de recaída da doença, solidificando o tratamento de segunda linha.

“Em alguns casos de doença mais agressiva, é utilizado como complementação do tratamento inicial. O TMO autólogo pode ainda ser utilizado em leucemia mielóide aguda, embora essa indicação seja menos freqüente”, explica o Coordenador do Serviço de TMO do HCFMB, Dr. Rafael Gaiolla.

Para ele, o “100º transplante é um grande marco para o serviço, pois reflete o trabalho que se iniciou em meados de 2016 e vem colhendo importantes frutos ao longo dos anos”.

“A destinação de leitos próprios dentro da Unidade de Transplantes do HCFMB, a capacitação constante das equipes envolvidas e o desenvolvimento de protocolos institucionais têm possibilitado um desempenho muito satisfatório. Hoje temos uma estrutura que nos permite realizar entre dois e três TMO ao mês, um número significativo, mas com potencial para crescimento nos próximos anos”, lembra Dr. Rafael.

A equipe médica do TMO é composta por seis médicos hematologistas, porém existe uma rede de apoio formada por enfermeiros da Unidade de Transplantes, o Hemocentro, responsável pela coleta e armazenamento da medula óssea, o Serviço de Odontologia, o Serviço de Terapia Nutricional Interprofissional, Farmácia, Fisioterapia e a Psicologia do HCFMB.

“Cada equipe tem um papel importante no processo do TMO e esse trabalho conjunto tem permitido o crescimento do serviço ao longo dos anos”, finaliza Dr. Rafael.

Sobre o TMO

A medula óssea é o órgão responsável pela produção das células do sangue (hemácias, leucócitos e plaquetas) e do sistema imunológico (células de defesa) do nosso organismo. Quando algum tipo de doença maligna afeta essas células do sangue, o Transplante de Medula Óssea é uma das maneiras de reconstituir a medula doente.

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento