FMB/Unesp faz seleção de voluntários para teste de medicamento contra zumbido

O médico otorrinolaringologista Gustavo Leão Castilho, vinculado ao Departamento de Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço da Faculdade de Medicina de Botucatu-Unesp (FMB), é o responsável por conduzir uma pesquisa que tem a finalidade de testar um tratamento contra o Zumbido. O trabalho também é coordenado pelos professores da Instituição Regina Helena Garcia Martins e Norimar Hernandes Dias.

“Estamos selecionando voluntários com zumbido há, pelo menos, seis meses, idade entre 18 e 70 anos, saudáveis ou com doenças controladas, para participar de um projeto que tem por objetivo testar melhorar a qualidade de vida de pessoas com zumbido”, explica Gustavo.

Cerca de 15% da população pode ser afetada pelo problema, alguns pacientes não conseguem dormir bem, apresentam dificuldade para se concentrar e podem ficar deprimidos. Apesar de ser um sintoma importante, ainda não existe remédio efetivo.

Informações e o agendamento de uma avaliação para a participação no estudo deve ser feita através do telefone: (14) 3811-6594 ou (14) 3811-6593 CERDAC de Botucatu-Unesp.

Assessoria