Em nova estrutura, CEPRAN do IB da Unesp de Botucatu ampliará atendimentos

Local ainda abrigará Centro de Transtornos Alimentares com tratamento multidisciplinar

O Centro de Estudos e Práticas em Nutrição (CEPRAN), do Instituto de Biociências da Unesp de Botucatu (IBB), deve ganhar, em breve, novas e modernas instalações. O serviço utilizará toda a área do antigo bloco 3 do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, área que foi devolvida ao IBB em 2019.

Para a reforma e adequação do local, foram conquistados R$ 300 mil por meio de emenda parlamentar do deputado estadual Fernando Cury.  O processo para a liberação do recurso encontra-se em trâmite na Secretaria Estadual da Saúde (SES), com parecer favorável da Diretoria Regional de Saúde (DRS-6) de Bauru.

A nova estrutura, mais ampla, permitirá aumentar o número de consultas oferecidas aos pacientes que buscam atendimento e também será possível envolver mais alunos dos cursos de graduação, pós-graduação, médicos residentes e profissionais da área da saúde.

De acordo com a professora Luiza Cristina Godim Domingues Dias, uma das responsáveis pelo Cepran, o atual espaço onde funciona o Centro não é mais suficiente para atender a demanda, tanto de alunos como de pacientes que procuram pelos serviços oferecidos. “Por isso, o Departamento de Ciências Humanas e Ciências da Nutrição e Alimentação solicitou a Diretoria do IBB uma área maior”, reforça.

Centro de Transtornos Alimentares na Infância e Adolescência permitirá o tratamento multiprofissional de pacientes

Outro importante serviço de ensino e extensão que deve ser implantado pelo IBB/Unesp será o Centro de Transtornos Alimentares na Infância e Adolescência. Atualmente, já são atendidas no Cepran, crianças e adolescentes portadores de transtornos alimentares. No entanto, com a criação deste Centro, serão agregados ao grupo profissionais de outras áreas da saúde, como: médico psiquiatra, psicólogos, enfermeiros e nutricionistas, o que permitirá o tratamento multiprofissional destes pacientes

“Desta forma, poderão ser acolhidos, tratados e acompanhados crianças e jovens portadores de obesidade, anorexia, bulimia, compulsão alimentar,entre outros transtornos. Cabe lembrar que no Estado de São Paulo, na cidade de São Paulo, existe apenas 1Centro de referência para o tratamento multiprofissional e interprofissional destas enfermidades e, nosso objetivo, para o futuro próximo, é nos tornarmos referência  no tratamento dos TA no interior do Estado de São Paulo”, afirma a professora Luiza.

Para viabilizar este projeto, foi solicitada uma verba junto ao Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONDECA), no valor deR$ 300 mil. O recurso também foi obtido por meio de projeto encaminhado ao Condeca pela professora Luiza, atendendo a um edital lançado em 2019. A conquista teve a interlocução do deputado estadual Fernando Cury, presidente do CONDECA.

“Parte desta verba será para a contratação de profissionais e pagamento de bolsas a estagiários que contribuirão com a implantação do Centro de TA. Futuramente, pretende-se credenciar o os seus serviços ao Sistema Único de Saúde (SUS), o que contribuirá com a permanência, aperfeiçoamento e ampliação das ações em saúde, alimentação e nutrição, ofertados pelo CEPRAN à comunidade de usuários de Botucatu e cidades da região.  Cabe dizer que o Centro de TA, funcionará na área física nova junto com o CEPRAN”, acrescenta a professora Luiza.

O projeto já está aprovado pelo CONDECA e sua destinação foi publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo. O dinheiro será repassado à Fundação do Instituto de Biociências (Fundibio) que gerenciará o recurso.

Sobre o CEPRAN

O Centro de Estudos e Práticas em Nutrição (CEPRAN) é um espaço didático criado para atender as atividades de atenção à alimentação e nutrição e assim aprimorar a formação do estudante de Nutrição e também de estudantes de áreas da saúde correlatas. Além disso, o CEPRAN, por meio de suas atividades de ensino, pesquisa e assistência à comunidade, permite a inserção social da universidade a partir da prática acadêmica contextualizada na realidade local e regional.

Para saber mais, acesse: https://www.ibb.unesp.br/#!/ensino/departamentos/educacao/centros/cepran/