Coronavírus: Alunos da Unesp serão voluntários para ações de extensão em Botucatu

A diretora da Faculdade de Medicina da Unesp, câmpus de Botucatu, professora Maria Cristina Pereira Lima, a Kika, está organizando atividades extensionistas de estudantes e docentes dos últimos anos dos cursos de Medicina e Enfermagem para ajudar na contenção do novo coronavírus.

“As ações extensionistas são voluntárias. A gente tem muitos alunos que querem fazer um trabalho voluntário e está organizando as atividades que eles podem fazer, sempre sob supervisão”, afirma a diretora da Faculdade de Medicina, ressaltando que as estratégias da unidade universitária estão alinhadas com o Hospital das Clínicas de Botucatu, cuja gestão cabe à Secretaria de Estado da Saúde.

Como a professora Maria Cristina Lima é da área de psiquiatria, ela também dá dicas para o cuidado com a saúde mental neste momento de isolamento social (veja vídeo abaixo). “Estamos estruturando ações para os alunos dos cursos de graduação de Enfermagem e de Medicina, organizando ações a distância, online, com esses alunos”, diz. “É importante dizer que essas atividades não são ensino em EaD (educação a distância), mas são algumas atividades para fazer com que os alunos não fiquem distantes da gente”, explica.