Com queda nos casos de Covid, hospital de campanha prepara retomada ambulatorial em Botucatu

Unidade montada no AME, no fim de março deste ano para aliviar demanda gerada pela pandemia, deve voltar ao seu perfil tradicional em 1º de setembro.

O hospital de campanha que foi aberto no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Botucatu no fim de março deste ano, com 27 leitos para atender exclusivamente casos de Covid-19 no auge da segunda onda da pandemia, vai retomar seus atendimentos ambulatoriais a partir de 1º setembro.

O anúncio da desmobilização do serviço foi feito pelo governo de SP e justificado em função da queda nos indicadores da pandemia no Estado e também na região de Botucatu. No início deste mês, a cidade registrou queda de 81% nos casos da doença após vacinação em massa promovida pelo estudo de efetividade da vacina de Oxford/AstraZeneca.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), eventuais casos de Covid-19 da região que precisarem de atendimento terão assistência garantida por meio do direcionamento a outros hospitais de referência.

A partir de agora, o AME fará toda a readequação do local até o final de agosto e, a partir do próximo mês, volta a oferecer consultas médicas e não-médicas em 18 especialidades, exames e procedimentos de menor complexidade, mediante agendamento.

O hospital de campanha foi aberto em 31 março deste ano, com o atendimento exclusivo de Covid-19, com 27 leitos, sendo 11 de UTI e 16 de enfermaria.

Em média, 78,1% dos hospitalizados tiveram alta após recuperação plena. O AME está localizado na Rodovia Marechal Rondon, km 253,6.

Fonte: G1