Botucatu registra segundo caso da Variante Delta, diz boletim

Alerta epidemiológico em Botucatu

Registro da aplicação da primeira dose da vacina Oxford-AstraZeneca em Botucatu. Foto: Martha Martins de Morais /ACI Unesp

A variante Delta foi identificada pela segunda vez em Botucatu. O fato foi narrado pelo Secretário de Saúde, André Spadaro, durante boletim nesta segunda-feira, 23.

Apesar de citar o registro, Spadaro não detalhou o caso, nem mesmo quando ela foi identificada. A Cepa Delta é considerada mais transmissível que as outras variantes que circulam no Brasil do Sars-CoV-2, o vírus causador da covid-19.

Na última semana a Unesp divulgou o primeiro caso em Botucatu, de um paciente que testou positivo antes da aplicação da segunda dose da vacinação em massa no dia 08 de agosto. O paciente teve sintomas leves da doença.

O sequenciamento genético dos casos positivos na região de Botucatu está sendo realizado pelo Laboratórios de Biologia Molecular do Hospital das Clínicas de Botucatu. O trabalho tem a coordenação da professora Rejane Grotto, e pelo Laboratório Central Multiusuário, é coordenado pelo professor Jayme de Souza-Neto.

Veja o Boletim de hoje