Aproximadamente 1,5 mil trabalhadores de fazendas em Botucatu são vacinados contra Covid-19

A Prefeitura de Botucatu divulgou neste sábado, dia 03, que imunizou mais de 1.500 trabalhadores rurais contra Covid-19 nas Fazendas Morrinhos e Água Sumida. A ação também fez parte do estudo de efetividade da vacina Oxford/Astrazeneca.

São trabalhadores que moram em cidades vizinhas, mas que prestam serviços todos os dias em Botucatu. Há três semanas foram imunizadas aproximadamente 2,6 mil pessoas nessas condições, com trabalhadores da indústria e comércio dentro do estudo de efetividade.

“Profissionais que através de seus trabalhos abastecem nossas casas com o alimento direto da terra. Agradeço aos profissionais de saúde incansáveis, que nos ajudam na imunização de nossa população e região, fazendo de Botucatu uma das cidades que mais vacinaram no mundo”, disse o Prefeito Mário Pardini em seu Facebook.

A vacinação em massa em Botucatu faz parte do projeto de estudo da vacina produzida pelo laboratório Astrazeneca, Universidade de Oxford e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), elaborado pela parceria entre a Prefeitura, Ministério da Saúde, Governo Federal, Unesp, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, e Fundação Gates. A pesquisa quer mapear o sequenciamento genético do vírus na cidade com as várias cepas circulantes.