Após rever dados, Prefeitura diz que nenhuma vacina vencida foi aplicada em Botucatu

Após rever os dados sobre as supostas vacinas vencidas aplicadas em Botucatu, a Prefeitura voltou atrás e afirmou em nota que nenhum cidadão recebeu dose vencida do imunizante AstraZeneca. A atualização foi divulgada neste sábado, dia 03.

Na sexta-feira, 02, a Prefeitura chegou a confirmar através de nota que recebeu e aplicou 5 doses das pelos menos 26 mil doses vencidas das AstraZeneca contra a Covid-19 em todo país, sendo elas registradas na Unidade CS1. Outras três foram descartadas de imediato, também por erro de digitação das doses enviadas ao município.

Dessa forma, sem nenhum munícipe imunizado com dose vencida, não haverá a necessidade de reaplicação das doses. A Secretaria de Saúde do município já enviou um relatório informando a Vigilância Epidemiológica Estadual.

“Após convocação e consulta das 8 pessoas que supostamente receberam doses da vacina Oxford/Astrazeneca fora do prazo de validade em Botucatu, a Secretaria Municipal de Saúde constatou que na verdade o fato se tratava de erros de digitação no registro dessas doses no sistema. Portanto, nenhuma dose de vacina vencida foi aplicada no Município. Os equívocos já foram corrigidos e um relatório da correção foi encaminhado à Vigilância Epidemiológica Estadual. Nenhuma ação adicional se faz necessária no momento”, diz nota.

No Brasil

Pelo menos 26 mil doses vencidas da vacina AstraZeneca foram aplicadas em diversos postos de saúde do país, o que compromete sua proteção contra a Covid-19. Os dados constam de registros oficiais do Ministério da Saúde.

Até o dia 19 de junho, os imunizantes com o prazo de validade expirado haviam sido utilizados em 1.532 municípios brasileiros. AstraZeneca é a vacina mais usada no Brasil. Ela responde por 57% das doses aplicadas neste ano. A imensa maioria foi utilizada de acordo com as orientações do fabricante.