10 postos de saúde de Botucatu irão ter horário estendido até às 22 horas

 

A partir da próxima segunda-feira, 18, começam a funcionar os dez novos Prontos Atendimentos Noturnos, um dos investimentos do pacote de Saúde que têm como objetivo otimizar o atendimento dos pacientes em Botucatu. O investimento engloba a contratação de equipes médicas e de enfermagem para atender em dez locais espalhados pela Cidade.

A população poderá procurar os novos prontos atendimentos em casos menos graves, desafogando o atendimento no Pronto Socorro Adulto.

Além das unidades da Cohab I, Cohab IV e Cecap, que já funcionam em horário estendido, serão abertas as unidades do Jardim Aeroporto, Centro de Saúde Escola (Vila dos Lavradores), Jardim Yolanda/Monte Mor, Jardim Cristina e Rubião Júnior das 18 às 22 horas. A Unidade de Vitoriana estará aberta também das 18h30 as 21h30.

O Centro de Saúde I (Centro) funcionará entre 18 e 23 horas, e além do atendimento a pacientes, disponibilizará uma farmácia de retaguarda para que os atendidos pelos Prontos Atendimentos Noturnos e Prontos Socorros Adulto e Infantil retirem os medicamentos receitados. Não serão dispensados medicamentos de uso contínuo durante o atendimento noturno.

Outro serviço que também será oferecido em período noturno é a sala de vacinação, iniciativa inédita no Município, que funcionará junto ao Centro de Saúde Escola na Vila dos Lavradores entre 18 e 22 horas, para atender toda a população.

“Nossa maior luta tem sido melhorar os serviços públicos oferecidos à população, principalmente na área da saúde. O Poupatempo Saúde é símbolo da economia da Administração Municipal aliada ao desejo de oferecer um serviço de excelência. Tenho certeza de que deixaremos o atendimento mais rápido e humanizado”, destacou o Prefeito Mário Pardini.

Para a abertura noturna dos postos de Saúde, a Prefeitura contratou novos médicos, por meio de aditamento de contrato com a OSS Pirangi e a FMB/FAMESP. São sete novas equipes que somam 33 novos postos de trabalho gerados, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e farmacêutico.

“Ao todo, nos horários de pico noturnos, além de 5 a 6 médicos no PSA realizando em torno de 100 mil consultas anuais e 3 a 4 pediatras no PSI, realizando em torno de 50 mil consultas por ano, serão 12 médicos atendendo no período noturno em postos de pronto atendimento espalhados por todas as regiões da cidade, com capacidade de atendimento mais de 50 mil consultas por ano. Assim, a capacidade de atendimentos de casos de urgência e emergência no município será superior a 200 mil consultas por ano”, destacou o Secretário Municipal de Saúde, André Spadaro.

“Agradeço o apoio da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu, OSS Pirangi e dos servidores Secretaria Municipal de Saúde que estarão conosco nesta nova etapa, atendendo com muita atenção e carinho os nossos munícipes”, completou o Prefeito Mário Pardini.