Unimed Bauru fala de paciente com possível suspeita de sintomas do coronavírus

Após informações desencontradas que circularam em redes sociais sobre um possível caso sob investigação de infecção por coronavírus (2019-nCoV) no Hospital da Unimed de Bauru, a cooperativa de saúde enviou nota ao Jornal da Cidade, ontem à noite, para trazer esclarecimentos sobre o caso.

Segundo o hospital, um paciente que retornou há 14 dias da China foi atendido nesta segunda-feira (3) e apresentava quadro gripal. “Todos os protocolos da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde foram seguidos, inclusive obrigações de caráter epidemiológico e, em cumprimento a tais protocolos e diante do quadro clínico do paciente, no momento não há confirmação diagnóstica”, informa nota. Ainda de acordo com o hospital, a partir do que é preconizado pela OMS, não houve indicação médica para internação hospitalar e o paciente recebeu alta.

Até o momento, não há casos confirmados da doença em nenhuma cidade do Brasil. Nesta segunda-feira, o Ministério da Saúde informou que 14 pacientes estão sendo monitorados por suspeita de terem sido infectados por coronavírus – nenhum deles em Bauru. Outros 13 casos suspeitos já foram totalmente descartados.

Na semana passada, a Secretaria Municipal de Saúde de Bauru, por meio do Departamento de Vigilância Epidemiológica, informou que está alerta aos casos de pessoas com sintomatologia respiratória do coronavírus e que apresentam histórico de viagens para áreas de transmissão. “A Secretaria reforça para que seja mantida a calma e que, caso o indivíduo atenda aos critérios de suspeita, procure o serviço de saúde mais próximo de sua residência”, destaca.

A recomendação para a população em geral é evitar aglomerações e locais fechados, além de lavar as mãos periodicamente e usar um antisséptico de mãos à base de álcool, se não houver água e sabão disponível. No transporte público, é importante manter as janelas abertas para melhor ventilação. Sempre que for tossir ou espirrar, a pessoa deve cobrir a boca e o nariz com um lenço de papel descartável.

 Leia a nota oficial completa

“O Hospital Unimed Bauru, visando afastar equívocos e desencontros de informações, esclarece que houve atendimento nesta data de um paciente que há 14 dias retornou da China, agora apresentando quadro gripal. Todos os protocolos da OMS/MS foram seguidos, inclusive obrigações de caráter epidemiológico e, em cumprimento a tais protocolos e diante do quadro clínico do paciente, no momento não há confirmação diagnóstica. Desta forma, não houve indicação médica, de acordo com a OMS, para internação hospitalar.”

Fonte: Jcnet