Temporal alaga distrito de Laranjal Paulista e carro fica debaixo d’água

Chuva causou alagamentos em vários pontos do Distrito de Maristela, em Laranjal Paulista.

Um carro ficou submerso durante uma forte chuva que atingiu o distrito de Maristela, na tarde desta quarta-feira (13), em Laranjal Paulista (SP). Ruas ficaram alagadas e moradores ilhados.

Duas residências estão sendo monitoradas pela Defesa Civil. Não há informações de feridos. Segundo a Guarda Civil Municipal (GCM), dois pontos do distrito ficaram mais críticos. Em um deles, a água chegou a uma altura aproximada de 80 centímetros.

Nesse local, um carro estava estacionado na rua e foi coberto pela água. O veículo, em um determinado momento, começou a boiar e virou de lado.

O comprador Rodrigo Alves Garcia, 33 anos, conseguiu sair do carro momentos antes de o veículo ser praticamente encoberto pela água. O automóvel chegou a boiar e a virar de lado no quilômetro 182 da rodovia Marechal Rondon, no Distrito de Maristela.

“Eu tentei atravessar a parte alagada, mas um caminhão passou no sentido contrário, jogou muita água e o meu carro ‘morreu’. Eu saí com a água na altura da canela, mas logo em seguida veio muita água da parte alta e não deu mais pra tentar tirar o carro de lá”, comenta.

Rodrigo havia saído do trabalho, na área central de Laranjal Paulista, e retornava para casa. A chuva forte teve início por volta das 17h e alagou um trecho da rodovia que corta o Distrito de Maristela.

“Alguns carros na minha frente conseguiram passar pela área alagada, mas o meu sofreu uma pane. Não deu tempo de fazer nada”, conta.

Após a chuva, o nível da água baixou e Rodrigo foi conferir os estragos no veículo modelo 2014. O carro ficou cheio de lama na parte interna e foi rebocado para uma análise da empresa seguradora. “Não sei se vai dar pra aproveitar alguma coisa”.

O condutor do carro mora há 11 anos no Distrito de Maristela. Segundo ele, nunca houve uma enchente dessa proporção no local. Segundo ele, alguns moradores creditam a enchente a obras realizadas no km 182 da rodovia.

Por meio de nota, a concessionária responsável pelo trecho da Marechal Rondon informou ter tomado “todas as precauções preventivas possíveis, devido ao período de chuvas, para evitar que a obra causasse danos ao município”.

Fonte: G1