Seis pessoas são presas pela PM por tráfico de entorpecentes

Região
Seis pessoas são presas pela PM por tráfico de entorpecentes 25 janeiro 2012

Capitão Aleksander Lacerda, comandante da 2ª Companhia de Polícia Militar, sediada em São Manuel e que faz parte da área de comando do 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-I), de Botucatu comandou uma operação que culminou com um flagrante de tráfico de entorpecentes e a prisão das pessoas envolvidas.

A operação foi desencadeada durante a madrugada pelos policiais militares de Bofete e Porangaba e teve início quando os policiais cabo Escorsi e soldado Corrêa efetuavam patrulhamento pela Rua José Silveira, na Vila do Trevo e observaram que um indivíduo conhecido como “João Pinga” ao avistar a viatura pulou o muro de uma residência. Ele foi perseguido e detido.

No local onde ele havia pulado o muro, os policiais localizaram oito “parangas” de maconha e três pedras de crack. Com a chegada do reforço policial, a casa foi invadida e mais cinco pessoas foram detidas. Na revista pelo interior da casa os PMs localizaram outras oito “parangas” de maconha”, 21 pedras de crack e uma porção de cocaína.

Todas as pessoas que estava na casa foram conquistadas ? Delegacia de Polícia de Bofete e indiciadas pelo delegado Lourenço Talamonte Neto, em crime de flagrante de tráfico de entorpecentes. São elas: João Carlos Lúcio Pinto (25); Fernando Henrique de Oliveira (28); Douglas Henrique de Souza (19); Fernando de Souza Putini (23); Cícero Pereira Gomes (43) e Daiane de Araújo Silva (19).

Todos os homens que acabaram indiciados nessa ocorrência foram recolhidos ? Cadeia Pública de Botucatu. Já a única mulher do grupo está no presídio feminino de Itatinga. Cada um dos seis envolvidos foi enquadrado na lei do tráfico de entorpecentes poderá pegar de 05 a 15 anos de reclusão, caso haja condenação.

“Graças ? ação dos policiais foi possível a rápida prisão dos indivíduos, sendo que é sempre importante ressaltar que a participação da comunidade em fornecer informações e denúncias ajuda, e muito, o sucesso do trabalho das Policias Civil e Militar”, comentou o capitão Aleksander, lembrando que para ajudar a polícia a pessoa pode ligar no 190 (Militar), 197 (Civil) ou o disque denúncia 181.

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
FREIRE MOTOS
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento

Veja também

Oferecimento
VISTORI
SHOPPING INSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL ELO
EXAME TOXICOLOGICO