Região tem mais cinco municípios com interesse turístico aprovado

A Assembleia Legislativa aprovou nesta quinta-feira um projeto de lei que transforma 31 cidades paulistas em Municípios de Interesse Turístico (MITs). Na região, receberam o título Itapuí, Jaú, Lençóis Paulista, Lins e Santa Cruz do Rio Pardo, que passarão a contar a partir de agora com cerca de R$ 650 mil por ano para fomentar o turismo regional.

Os MITs recebem recursos anuais do governo do Estado para serem destinados a investimentos na infraestrutura turística. A utilização da verba deve fomentar a ampliação e fortalecimento das atividades econômicas da região.

O deputado Pedro Tobias (PSDB), autor dos projetos para concessão dos títulos à Itapuí, Lençóis Paulista e Lins, comemorou a aprovação. “Estou muito feliz que a nossa região tenha conquistado mais quatro vagas de MITs”, afirma.

“Trata-se de uma conquista histórica para Lins, resultado de um árduo trabalho de toda nossa equipe de governo e do Comtur, que trará mais investimentos para nossa querida Lins”, declarou o prefeito de Lins, Edgar de Souza (PSDB).

O prefeito de Lençóis Paulista, Anderson Prado de Lima (PSB), falou sobre a importância da classificação. “É importante destacar o papel do Conselho Municipal de Turismo e da Diretoria de Desenvolvimento da gestão anterior que, devido à produção de um trabalho de excelente nível, permitiu que fizéssemos as readequações imediatamente após os pedidos da Secretaria de Turismo e Assembleia”, declarou.

O deputado Sebastião Santos (PRB), autor do projeto que sugeriu Jaú, também comentou sobre a votação. “A verba que vai ser liberada para os municípios classificados como de interesse turístico vai beneficiar a geração de renda e emprego local”, diz.

“É uma grande conquista para nossa cidade, que tem uma movimentação turística principalmente voltada ao turismo de negócios e compras, que nos permitirá aprimorar ainda mais as políticas públicas para o desenvolvimento do setor”, pontua Cléo Furquim, secretária de Cultura e Turismo de Jaú.

‘PACOTÃO’

Além das cinco cidades, ganharam o título Altinópolis, Araras, Araraquara, Areias, Cabreúva, Campina do Monte Alegre, Cardoso, Cruzeiro, Itupeva, Limeira, Mairiporã, Mira Estrela, Mogi das Cruzes, Nazaré Paulista, Novo Horizonte, Rancharia, Registro, Riolândia, Rosana, Santa Branca, Santo Expedito, São Simão, Tabatinga, Tambaú, Uchôa, Votuporanga.

MITs

Para que seja considerada de interesse turístico, a cidade deve ter atrativos turísticos, serviço médico emergencial, serviços de hospedagem e alimentação, informações turísticas e abastecimento de água potável e esgoto.

A classificação garante a cada cidade o recebimento de cerca de R$ 650 mil por ano. A proposta é que, além das 70 estâncias já existentes no estado, outros 140 municípios sejam declarados como de interesse turístico.

No primeiro semestre, Agudos, Barretos, Brodowski, Buritama, Espírito Santo do Pinhal, Guararema, Iacanga, Jundiaí, Martinópolis, Monte Alto, Pedreira, Piedade, Rifaina, Rubineia, Sabino, Sales, Santa Isabel, Santo Antonio da Alegria, Tapiraí e Tatuí já haviam sido classificados como MITs.

Fonte: JCNET