Pronto Socorro de Hospital em São Manuel mudará de local em agosto

O pronto socorro da Casa Pia São Vicente de Paulo que atende a população de São Manuel, Pratânia e Areiópolis será ampliado e remodelado, com recursos de R$ 350.000,00 provenientes da Secretaria Estadual da Saúde e contrapartida de até R$ 50.000,00 da prefeitura. A reforma não ficará restrita somente a parte física do prédio, mas o mobiliário também deverá ser substituído.

Na última sexta-feira, dia 13, o prefeito Ricardo Salaro reuniu na prefeitura os diretores do hospital e a equipe da Diretoria de Saúde para discutir o planejamento da mudança de local de atendimento do pronto socorro, que provisoriamente, a partir do dia 2 de agosto próximo, passará a ser feito em uma outra ala do hospital, utilizando um espaço adaptado, localizado onde funcionava o laboratório e antiga sala de fisioterapia, também na parte térrea do prédio.

Para tanto foram necessárias algumas adaptações e o acesso ao pronto socorro será feito por dois novos locais: a emergência ficará com entrada restrita ao atendimento das ambulâncias por porta exclusiva, embaixo da escada da entrada principal do hospital e o atendimento rotineiro será feito pela entrada onde hoje funciona a ala infantil (antigo laboratório). São mudanças necessárias para que as obras de ampliação e remodelamento do novo pronto socorro sejam realizadas, sem comprometer o atendimento a população.

Num primeiro momento, a ala infantil e de atendimento adulto ficarão num mesmo local, com atendimento integrado, sendo divididos, após a triagem que será feita pela equipe de enfermagem do pronto socorro.

“Já fizemos as adaptações necessárias nas salas de atendimentos, separando a emergência do atendimento de rotina e a ala adulta da infantil e pedimos a compreensão da população, já que se trata de uma situação momentânea, que visa melhorar o atendimento a ela num futuro bem próximo. O atendimento não será prejudicado e estamos cuidando para que a população possa continuar sendo amparada da melhor maneira possível”, disse o diretor clínico Dr. Kandir Dinhani.

O hospital será o responsável pela execução da obra e nos próximos dias lançará um Edital de Chamamento Público, para a escolha da empresa responsável pela execução da obra. O prazo para a entrega das obras é de 6 meses e deve ser concluída até o final de 2018. A expectativa é que fique pronta antes até mesmo do prazo estipulado.